‘O racismo é uma doença que precisa ser curada’, destaca Edinho no 20 de Novembro

0
140
Foto: Tetê Viviani

Dia da Consciência Negra e dos Orixás e Dia Nacional de Zumbi dos Palmares, no último sábado, foi marcado por marcha contra o preconceito

O 20 de Novembro, Dia da Consciência Negra e dos Orixás e Dia Nacional de Zumbi dos Palmares, no último sábado, foi marcado por muita reflexão e luta por uma sociedade mais justa e sem preconceitos. O prefeito Edinho e autoridades municipais participaram das atividades, na Vila Xavier.
No período da manhã, na Praça Popular, houve apresentações culturais e a concentração de uma marcha que seguiu pela Avenida Padre Antônio Cezarino em direção à Rua 13 de Maio, até a Escola Antônio Lourenço Corrêa.
Na Rua 13 de Maio (que marca o Dia da Abolição da Escravatura) foi realizado um ato de contra-narrativa da nomenclatura da via, reforçando o simbolismo e a importância do 20 de Novembro (data de morte de Zumbi, o então líder do Quilombo dos Palmares).
A marcha integrou a programação “Araraquara, Morada do Sol, e não do racismo”, promovida pela Prefeitura de Araraquara, por meio da Coordenadoria de Políticas Étnico-Raciais, com o objetivo de combater amplamente o racismo estrutural existente e o racismo institucional que ainda ocorre em diversos espaços.
Para além de despertar para reflexão, a ideia da programação de novembro é envolver a população em geral para uma ação prática e efetiva, seja por impacto visual, estímulo à conscientização coletiva, mas principalmente para a valorização da identidade e da cultura afro-brasileira. (Secretaria de Comunicação – Prefeitura de Araraquara)

Deixe uma resposta