Assembleia Nacional dos Servidores do Ministério do Trabalho e Previdência aprova pauta específica e greve por tempo indeterminado a partir do dia 01/04

0
158

A Assembleia Nacional dos Servidores do Ministério do Trabalho e Previdência, realizada no dia 31 de Março, aprovou greve por tempo indeterminado, a partir do dia 01/04, objetivando o alcance da justa reivindicação de REPOSIÇÃO SALARIAL EMERGENCIAL DE 19,99%,

A falta de reposição salarial acumulada há vários anos, implica na redução dos salários, em prejuízo aos trabalhadores do serviço público e de toda a sociedade, que deles depende.

A greve se justifica, e é adotada como último recurso, frente a ausência de espaço negocial efetivo junto ao Poder Executivo Federal.

A Assembleia também aprovou a PAUTA ESPECÍFICA DOS SERVIDORES DO MTP, que será protocolada no dia 04/04, junto ao Ministério da Economia

Pauta de Específica dos Servidores do MTP

1) Equiparação salarial imediata com a tabela dos servidores do INSS, com a concessão de Plano de Carreira;

2) Jornada de 30h para todos, sem redução salarial e sem turnos;

3) Condições de trabalho e abertura de debate sobre assédio moral;

4) Concursos públicos para todos os níveis;

5) Gratificação/indenização para cobrir gastos pelo teletrabalho, tais como: internet, energia elétrica, materiais, equipamentos, dentre outros (compensação pelo custo de manutenção em substituição à estrutura do estado);

6) Abertura de debates com o Ministério do Trabalho sobre a regulamentação da Portaria Conjunta SE/SPREV/STRAB/MTP Nº 1, de 10 de março de 2022 (trabalho remoto)

Os servidores realizarão nova assembleia no dia 01/04, às 17h30, para discutir os informes da reunião com o Governo, os informes gerais e a mobilização e organização do movimento paredista. Também será eleita a Comissão Nacional de Negociação com o Ministério do Trabalho e Previdência.

Comando Nacional do Ministério do Trabalho e Previdência

(Fabia Correa – e-mail: imprensa@sindsef-sp.org.br)

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.