Teste o seu Português (663)

0
150

Prof.ª Dr.ª Terezinha de Jesus Bellote Chaman (*)

Com Reforma da Previdência municipal, prefeito de SP segue péssimo exemplo deixado pelo Governador João Doria.

A Câmara Municipal de São Paulo aprovou, no início da madrugada de quinta-feira, dia 11 de novembro, a Reforma da Previdência do funcionalismo público. O projeto, de autoria do prefeito da capital, Ricardo Nunes, recebeu 37 votos favoráveis e 18 contrários. Por se tratar de projeto de emenda à Lei Orgânica (PLO), o texto não precisa ser sancionado pelo prefeito e deve entrar em vigor, em 120 dias.
Enquanto a votação ocorria, de forma tumultuada, no Plenário da Câmara, ao lado de fora da Casa, servidores públicos municipais, que se manifestavam contra a Reforma, sentiram o peso da truculência de guardas-civis e de policiais militares. Servidores foram atingidos por balas de borracha, sprays de pimenta e bombas de gás lacrimogêneo.
A situação é semelhante a que foi vivenciada pela Apampesp, durante a votação da Reforma da Previdência estadual na Alesp, em março de 2020. Na ocasião, a Tropa de Choque da polícia atingiu, com sprays de pimenta e balas de borracha, os professores da ativa e aposentados, entre outras categorias do funcionalismo, que simplesmente lutavam por uma aposentadoria digna.
A exemplo do que vem ocorrendo há mais de um ano, no Estado de São Paulo, a Prefeitura passará a cobrar a contribuição previdenciária de aposentados e pensionistas do município, que recebem abaixo do teto do INSS, que é de R$ 6.433,57. O confisco será escalonado de acordo com a faixa salarial, com alíquotas que vão de 14% a 22%. O pretexto também é o mesmo usado pelo Governo do Estado: o suposto déficit previdenciário. A Prefeitura alega um rombo de R$ 171 bilhões.
Ao passo que joga nas costas dos servidores o peso da má-administração das finanças, há poucas semanas, a mesma Câmara Municipal de São Paulo aprovou um aumento de 30% nos salários dos cargos comissionados, incluindo os secretários municipais. O prefeito será contemplado com um aumento ainda mais generoso de 46%.
Isto mesmo: ao passo que servidores, com salários achatados e que já contribuíram durante toda uma vida, precisarão pagar duas vezes pela Previdência, com alíquotas exorbitantes, os demais se refestelam, amparados por argumentos frágeis e, em muitos casos, inconstitucionais.
Sob a justificativa de que a Reforma da Previdência, aprovada em 2019, no âmbito federal determinou que regimes próprios de Previdência precisam ser autossustentáveis, o Estado de São Paulo e o município seguem a pior das cartilhas, ao empurrar para o precipício servidores aposentados e pensionistas, sem direito a qualquer reconhecimento e ao tão merecido descanso. Aos chefes de Executivo e aos deputados e vereadores, que aprovaram tais aberrações, manifestamos o nosso repúdio.

Texto de autoria de Walneide Romano: pedagoga, professora de História e Geografia e presidente da Apampesp. (Enviado por secretaria regional Apampesp/Araraquara).

Teste o seu Português:
01 – Para aquele ____________ trata-se de uma questão de __________.
a ( ) japoneis – foro-íntimo;
b ( ) japonês – foro íntimo;
c ( ) japones – foroíntimo.

02 – Salada à base de rúcula e __________ é uma delícia.
a ( ) segurelia;
b ( ) segurela;
c ( ) segurelhia;
d ( ) segurelha.

03 – Era uma ____________! Não era necessário brigar tanto.
a ( ) miuçalha;
b ( ) miussalha;
c ( ) milssalia;
d ( ) miuçalia.

04 – Iguaria que se serve antes do primeiro prato e que se destina a abrir o apetite.
a ( ) antipasto;
b ( ) antepasto;
c ( ) ante-pasto.

05 – O cozinheiro é muito ________ na arte de ___________ um frango.
a ( ) hábil – destrinçar;
b ( ) hábil – destrinchar;
c ( ) ábil – destrinçar;
d ( ) ábil – destrinchar.

06 – O que significa ripanço, no contexto?
Sr. Manuel acordou com um ripanço danado.
a ( ) dor de cabeça;
b ( ) ressaca;
c ( ) preguiça;
d ( ) molhado de suor.

07 – Você sabia que carvão-mineral também é conhecido como _______?
a ( ) ulia;
b ( ) ulha;
c ( ) hulia;
d ( ) hulha.

(*) Pesquisadora do GEPEFA – Grupo de Estudos e Pesquisas sobre Famílias – UNESP/Franca.

Respostas:
Resp 1.: b – Para aquele japonês trata-se de uma questão de foro íntimo.
Japonês (= natural ou habitante do Japão).
Foro íntimo (= juízo da própria consciência).
Resp 2.: d – Salada à base de rúcula e segurelha é uma delícia.
Segurelha (= erva aromática originária da Europa, usada em tempero e como estimulante).
Resp 3.: a – Era uma miuçalha! Não era necessário brigar tanto.
Miuçalha (= conjunto de coisas pequenas e sem valor).
Resp 4.: b – Iguaria que se serve antes do primeiro prato e que se destina a abrir o apetite é o antepasto (aperitivo, acepipe).
Antepasto = palavra portuguesa.
Antipasto = palavra italiana.
Resp 5.: a – b – O cozinheiro é muito hábil na arte de destrinçar ou destrinchar um frango.
Hábil (= esperto, sagaz).
Destrinçar ou destrinchar (= desfazer, desmanchar).
Resp 6.: c – No contexto, ripanço significa: moleza, preguiça, indolência.
Resp 7.: d – Você sabia que carvão-mineral também é conhecido como hulha?

OBS.: Colunista semanal dos jornais Diário do Grande ABC (SP) e Jornal de Araraquara (SP), Jornal Independente – Dois Córregos (SP), Jornal de Nova Odessa (SP), Diário da Franca – Franca (SP) e Diário de Sorocaba – Sorocaba (SP) – Jornal de Itatiba – Itatiba (SP) – O Liberal Regional – Araçatuba (SP) – Diário da Serra.

 

 

 

Deixe uma resposta