Prefeitura abre Centro de Reidratação para casos suspeitos de dengue na segunda-feira (14)

0
90
Centro de Reidratação vai funcionar em uma ala do Hospital de Campanha, todos os dias, das 7h das 19h
A Prefeitura Municipal, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, abre na próxima segunda-feira (14), o Centro de Reidratação – Dengue, para atendimentos de casos suspeitos de dengue.
O Centro de Reidratação vai funcionar em uma ala do Hospital de Campanha, que, desde o dia 10 de janeiro também abriga o Centro de Referência de Testagem para Covid-19. O atendimento será feito das 7 às 19 horas, todos os dias, inclusive de fim de semana e feriados.
Segundo a secretária municipal de Saúde, Eliana Honain, com a estrutura que já existe no Hospital de Campanha, será possível atender também as pessoas com sintomas de dengue, para consulta e exame, adultos e crianças, numa ala separada.
“Assim como já funciona o Centro de Testagem para Covid no local, com toda a eficiência, vamos também oferecer o serviço médico voltado para a dengue em uma das alas do hospital”, reforça.
Ela também destaca que o trabalho de campo de combate à doença já está sendo intensificado e, mais uma vez, convoca a população para ajudar na batalha contra o mosquito Aedes aegypti.
“Nunca relaxamos contra a dengue, mesmo durante todo o período de pandemia. Agora estamos intensificando todos os nossos esforços, mas precisamos da população, porque a Vigilância Epidemiológica levantou que 80% dos criadouros com larvas do mosquito são encontrados em residências com moradores e apenas 20% estão em casas fechadas ou abandonadas”, destaca.  “Os agentes estão tendo dificuldades nas visitas devido à recusa das pessoas, então, precisamos dessa colaboração para entrar e retirar os criadouros. E também as pessoas precisam cuidar dos seus quintais”, acrescenta Eliana Honain.
Somente em fevereiro, de acordo com a Vigilância Epidemiológica, as equipes de combate à dengue recolheram 21 toneladas de materiais inservíveis nas residências visitadas. Em média, são visitadas 30 mil casas por mês. Em metade delas o trabalho não é concluído por falta de autorização para a entrada. As equipes inclusive fazem horário estendido (noturno) e plantões aos sábados.
Os agentes trabalham com crachá, boné azul e colete azul com brasão da Prefeitura e símbolo do SUS. Todos os profissionais que visitam as casas também utilizam máscaras no rosto para evitar a transmissão da Covid-19.
Caso a pessoa visitada ainda tenha dúvidas, pode telefonar para checar os nomes dos agentes na Vigilância em Saúde por meio dos telefones 3303-3123 e 3303-3124 (Gerência de Controle de Vetores) e 0800 774 0440 (Ouvidoria da Vigilância em Saúde) ou, então, entrar em contato com o posto de saúde do bairro (no caso dos agentes comunitários de saúde).
SECRETARIA MUNICIPAL DE COMUNICAÇÃO
PREFEITURA DE ARARAQUARA

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.