Letramento Racial abre a programação dos “21 dias de Ativismo contra o Racismo”

0
105
Foto: Divulgação
Integrantes do Centro Afro “Mestre Jorge” conduziram atividade com alunos da Escola Estadual Letícia de Godoy Bueno de Carvalho Lopes, no Jardim das Roseiras

Teve início em Araraquara a programação dos “21 Dias de Ativismo contra o Racismo”, campanha nacional que existe desde 2017 e funciona como uma grande agenda antirracista, onde movimentos sociais, coletivos, figuras públicas e pessoas independentes podem propor diversas atividades que pautem o debate pelo fim da discriminação racial. A programação foi aberta nesta terça-feira (5), com uma palestra de letramento racial na Escola Estadual Letícia de Godoy Bueno de Carvalho Lopes, no Jardim das Roseiras.

A atividade foi ministrada por Thiago Morais e Natália Ulisses, membros do Centro de Referência Afro “Mestre Jorge”, que fizeram as explicações do tema para alunos do 3º ano do ensino médio, em uma ação que contou ainda com a participação de alguns professores da unidade.

Na oportunidade, a equipe apresentou os trabalhos desenvolvidos pela Coordenadoria Executiva de Políticas Étnico-Raciais e o programa SOS Racismo. Durante o encontro a equipe trabalhou as diversas práticas de racismo no ambiente escolar e como essas práticas atingem jovens negros. A pedido dos educadores, foram abordadas também a legislação antirracista como a Lei 10.639/2003 e a 7.716/89 e seus aspectos práticos no cotidiano escolar, buscando orientar os professores presentes sobre casos de racismo no ambiente educacional.

Thiago Morais falou sobre o propósito da palestra. “O letramento racial é uma oportunidade de diálogo com a comunidade e um convite a desconstruir o racismo existente. Diante disso, o trabalho na comunidade escolar é fundamental, já que direciona as futuras gerações ainda em formação”, avaliou.

Em Araraquara, a campanha dos “21 Dias de Ativismo contra o Racismo” é conduzida pela Coordenadoria Executiva de Políticas Étnico-Raciais, que integra a Secretaria de Direitos Humanos e Participação Popular da Prefeitura. A campanha é um chamamento à visibilidade da violência racial no Brasil e o protagonismo de figuras negras relevantes na história do Brasil.

O programa SOS Racismo, que atende pelo número (16) 99626-9466, é um canal de orientação e acompanhamento das denúncias de todas as formas discriminação racial, injúria e preconceito motivado pela cor da pele ou etnia.

 
SECRETARIA MUNICIPAL DE COMUNICAÇÃO
PREFEITURA DE ARARAQUARA

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.