GEPOL

0
298
Banheiro no Jardim Imperador

Luigi Polezze

ZELADORIA

Enviado por um nosso seguidor

Banheiro que fica no Jardim Imperador

A zeladoria de Araraquara tem muito a desejar. Esse banheiro da praça, tentaram assaltar, levar a porta, sabe-se lá o que pretendiam. O que sabemos é quem paga a conta é a população. De uma forma ou outra, a conta chega.

TERMINAL RODOVIÁRIO

Muitas são as reclamações de pessoas que chegam em Araraquara na madrugada e não encontram um banheiro aberto, nem um guarda para segurança desses visitantes.

Questionamos a Prefeitura:

Pergunta para Assessoria de imprensa da prefeitura:
Muitas são as reclamações sobre a falta de segurança durante a madrugada no Terminal Rodoviário. Pessoa teria sido assaltada por três na chegada a cidade.
A Prefeitura não poderia colocar a Guarda Municipal para segurar o local? Afinal, dar boas-vindas a quem chega à cidade com segurança seria uma boa forma de recebê-los.

Resposta

Terminal Rodoviário
“Desde 2012, por meio de um contrato de concessão onerosa por 30 anos, o Terminal Rodoviário de Araraquara é administrado e operado por empresa terceirizada, cabendo à Prefeitura verificar se as obrigações determinadas no contrato assinado há 10 anos vêm sendo cumpridas.

A empresa mantém um segurança 24 horas no local e, nesta semana, iniciou os trabalhos de troca de todas as lâmpadas queimadas do local, visando mais segurança aos usuários.

Hoje, o Terminal Rodoviário também conta com rondas feitas pela Guarda Civil Municipal (GCM), que também solicita o apoio da Polícia Militar nessas rondas.
Vale destacar que a atual administração municipal vem cobrando, sistematicamente, outras melhorias da concessionária, principalmente em relação à segurança no local.

  • Banheiros ficariam fechados?
    Os banheiros do piso inferior do Terminal Rodoviário, das plataformas de ônibus, permanecem abertos 24 horas, com acompanhamento de um funcionário responsável pela manutenção. Os banheiros do piso superior são fechados em alguns períodos de menor fluxo de pessoas no terminal, principalmente à noite, quando os guichês e boxes estão fechados.”

SAÚDE

Sabemos, por meio de médicos, que a situação dos hospitais e UPAs é preocupante, devido à alta de doentes com dengue e covid. Disse um deles: “não há sistema de saúde que aguente o que está ocorrendo em Araraquara. É muita gente doente”.

Questionamos a Prefeitura sobre as reclamações da falta de pediatra na UPA Central e do estado que se encontra a saúde na cidade:

Pergunta

Na UPA Central, estaria faltando médico pediatra?
A elevada procura por essa UPA, tem sido motivo de preocupação da Secretaria da Saúde? Se sim, quais providências estão sendo tomadas?

Resposta

“A Secretaria Municipal de Saúde informa que tanto a UPA Central como os demais serviços públicos de pronto-atendimento de saúde estão com suas equipes atuando durante 24 horas.

Porém, há uma alta demanda em todos os serviços – sejam públicos ou privados – por conta principalmente do número de pessoas suspeitas e diagnosticadas com dengue, além do aumento de casos de Covid-19 e de síndrome gripal registrados no município nas últimas semanas. O atendimento da dengue é mais demorado e requer exames e testes, além de hidratação venosa, o que torna a rotatividade de pacientes mais demorada.”

MULTAS

A Prefeitura estaria aplicando multas em moradores que não cuidam de seu imóvel onde proliferam larvas do mosquito da dengue. Como seria aplicada a multa e seu valor?

Resposta

“Em 2022, as equipes da Vigilância Epidemiológica já registraram 49 autos de infração, em casos de moradores que dificultaram o acesso de profissional para fiscalização ou moradores que deixaram em suas propriedades condições favoráveis à proliferação de mosquitos transmissores de doenças.
Aplica-se a Lei Municipal 6.926 de 06/02/2009, alterada pela Lei 9.465 de 06/02/2019
Os processos ainda estão em andamento e ainda cabem recursos. Portanto, após esse trâmite, os autos de infração poderão gerar advertências ou multas.

Seguem os valores das multas
Por manter condições favoráveis a proliferação de mosquitos: (Criadouros)
Residência: de 6 a 80 UFMs
Estabelecimentos e indústrias: de 50 a 400 UFMs
Por impedir ou dificultar o acesso de servidor público nas ações de Combate a Dengue
Residências: de 40 a 80 UFMs
Estabelecimentos e Indústrias: de 200 a 400 UFMs
Valor da UFM 2022: $ 66,36″

EXEMPLO A SER SEGUIDO

Fazendo compra em loja de Araraquara, visitamos a Miriam Modas, localizada perto da UPA da Vila Xavier: usam embalagem de papelão para compras. Não agridem o meio ambiente e esse cuidado traz um ar de prosperidade.

Sim, prosperidade, pois o dono da loja está pensando no futuro do planeta. Deixando aquelas sacolinhas de plástico bem longo de seu negócio. Que venham mais Miriam Modas pela cidade.

Querem entrar num ciclo virtuoso? Basta que nos enviem a embalagem de papel/papelão ou outro material ecologicamente aconselhável com nome do estabelecimento que a usa, e vamos divulgar com prazer. Como diz na embalagem:
“Pequenas atitudes, grandes mudanças”. É isso.

Quem nos acompanhou até aqui tenha um excelente final de semana e até a próxima, se Deus assim o permitir.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.