Entidades solicitam sedes próprias

0
46

Vereador Aluísio Boi busca junto ao Executivo viabilizar os pedidos

A presidente do Instituto Idioma Surdo de Araraquara, Vilma do Amaral Schiavinato, em reunião com o presidente da Câmara, vereador Aluisio Boi (MDB), mostrou as vitórias conseguidos até hoje e apontou a maior necessidade da instituição no momento: uma sede própria.
Boi se comprometeu a tentar viabilizar a reivindicação junto ao Poder Executivo. “Vou conversar com o prefeito sobre essa possibilidade, pois o Instituto Idioma Surdo realiza um trabalho relevante na cidade e mesmo sem um local próprio para encontros, vem conseguindo várias conquistas. Para manter e ampliar seus serviços, necessita de uma estrutura melhor para acolher seus assistidos, com um atendimento digno”, ressaltou Boi.
Oficializando o pedido, o parlamentar encaminhou ao Executivo a Indicação nº 4014/2021. “Atualmente, o Instituto Idioma Surdo se utiliza de uma sala cedida na Udefa, para a realização de cursos de capacitação para pessoas ouvintes. As demais atividades são realizadas na residência da presidente da entidade, o que está inviabilizando a continuidade do serviço”, disse o presidente da Câmara.
Situação parecida acontece com o Grupo de Apoio aos Soropositivos de Araraquara, Gaspa. São 25 anos de acolhimento aos portadores de HIV, com apoio psicológico, advogado, alimentação e muito mais. Entretanto, o Gaspa está enfrentando dificuldades para manter o serviço nas atuais instalações.
O parlamentar afirmou que “somos sabedores de que o grupo necessita de uma estrutura melhor e, por isso, estou encaminhando ao prefeito a Indicação nº 4016/2021, solicitando a instalação de uma nova sede para o Grupo de Apoio aos Soropositivos de Araraquara, Gaspa. Vamos construir com o Executivo a solução para os dois casos”. (Comunicação Social – Câmara Municipal de Araraquara)

 

Deixe uma resposta