Em solenidade emocionante, nova ponte da Rua 5 e Meio é entregue pela Prefeitura

0
88
Fotos: Tetê Viviani - Prefeitura entrega ponte no acesso ao Jardim Paraíso
Cerimônia realizada nesta quarta-feira (20) marcou entrega da nova estrutura que leva o nome de José Roberto Cabrera, o professor Tecão, que faleceu no ano passado
 
A nova ponte na Rua Armando de Salles Oliveira, a Rua 5 e Meio, sobre o Córrego das Cruzes, próximo ao acesso do bairro Vale do Sol, foi entregue à população em solenidade de inauguração realizada nesta quarta-feira (20). A nova ponte levará o nome do professor José Roberto Cabrera, o Tecão, que foi homenageado em todas as falas do evento marcado por muita emoção.

Com o investimento de R$ 2.202.966,68, oriundo de recursos liberados pelo Governo Federal, a obra envolveu a construção de uma nova ponte no local da travessia que foi danificada pelas chuvas que castigaram Araraquara no dia 28 de dezembro de 2022 e que ocasionaram sérios danos estruturais em vários pontos na cidade, além de terem resultado em seis vítimas fatais.

O Prefeito Edinho lembrou dos momentos difíceis vividos por Araraquara nos últimos anos e agradeceu aos governos Estadual e Federal pelo apoio. “Quando tomei posse, em 2017, eu não tinha um manual de como um prefeito deveria enfrentar uma pandemia. E tivemos que enfrentar uma pandemia, que foi a maior tragédia humanitária da história do Brasil, uma das maiores do mundo. Quando respiramos, porque em 2022 ainda tinha pandemia, veio a maior tragédia natural da história de Araraquara, pois nunca vivenciamos nada semelhante. Tivemos sete regiões da cidade destruídas, tivemos seis óbitos e desde aquele dia, nós, que havíamos passado pela pandemia, colocamos como prioridade reconstruímos as áreas afetadas da cidade. E não eram áreas secundárias. Era um processo de reconstrução de áreas importantes da cidade. Sou muito grato ao governador, na época Rodrigo Garcia, porque foi no mandato dele que a Defesa Civil do Estado veio até Araraquara, também ao governador Tarcísio, que deu continuidade, e ao governo do Presidente Lula, que também foi solidário. Tivemos com toda essa solidariedade, mais de 10 milhões de reais que a Prefeitura não teria para reconstruir os danos causados por uma tromba d’água”, apontou.


A ponte 

A antiga ponte, uma passagem que era sustentada por aduelas, foi demolida e foram perfurados os pontos dos tubulões de apoio dos blocos. Também houve necessidade de implodir pontos da rocha de apoio aos tubulões, com autorização do Exército Brasileiro. Após esses procedimentos, foram instaladas vigas, com armações de ferro e construída a nova estrutura de concreto.

Com a conclusão da ponte da Rua 5 e Meio, todas as obras de recuperação dos locais afetados pelas chuvas de dezembro de 2022 estão entregues, num valor total de R$ 10.054.743,44 (R$ 4.887.820,59 via Governo do Estado e R$ 5.166.922,85 via Governo Federal). Entre essas obras estão a travessia na Avenida 36, a construção de muro de contenção no Parque São Paulo, a ponte da Rua 9 de Julho, a Travessia do Serralhal e o restabelecimento da travessia rural na ARA 333, além de limpeza e desobstrução de córregos da cidade.

A secretária de Saúde, Eliana Honain, que representou os gestores municipais no encontro, lembrou das vítimas das fortes chuvas de 2022. “Essa é a última etapa da tragédia que afetou Araraquara no dia 28 de dezembro de 2022. Várias pontes foram destruídas, vários espaços foram muito difíceis de serem reparados, mas também tivemos a perda de seis vidas e isso a gente não consegue reparar. As obras estão aqui, mas ficam na nossa memória as seis pessoas que naquele dia perderam suas vidas por conta daquela tragédia”, destacou.

O secretário de Cooperação dos Assuntos de Segurança Pública, coronel João Alberto Nogueira Júnior, lembrou do desafio enfrentado pelo Município na ocasião daquelas chuvas. “Nós passamos, no final de 2022 e início de 2023, pela a maior tragédia natural da história de Araraquara. Araraquara foi acometida por uma chuva imensa, de 160 mm em seis horas, ou seja, nunca tínhamos registrado tamanha precipitação pluviométrica como aquela, que ocasionou vários danos no nosso município. Mas logo em seguida, em conversa com o prefeito Edinho, ele montou uma força tarefa, nós declaramos o estado de emergência no nosso município e imediatamente foi acionada a Defesa Civil do Estado e da União. E de forma muito rápida, já estávamos contatando os órgãos de emergência para que pudéssemos reparar e voltar à normalidade o mais rápido possível. E é o que está acontecendo”, salientou.

 
Vale acrescentar que, com a entrega da nova estrutura, o transporte coletivo retorna à sua normalidade. A linha Águas do Paiol volta ao itinerário normal, como era feito antes da necessidade de interdição.

Homenagem a Tecão

A nova ponte na Rua 5 e Meio ganhou a denominação de José Roberto Cabrera, o professor Tecão. Filho de Laura Trovatti e Francisco Cabrera, ele nasceu em 19 de março de 1955 em Araraquara. Casou-se com Izabel Cristina Cabrera em 14 de julho de 1979. Formou-se em Ciências Matemáticas pela Unesp Araraquara e foi professor por 48 anos, lecionando a mesma disciplina de formação nos colégios Duque de Caxias, Objetivo e na universidade Uniara em Araraquara e em outros estabelecimentos de ensino pelo Brasil. Também foi apresentador de rádio por mais de 20 anos, atuando no programa “Do quintal ao municipal”, na Uniara FM até a data de sua morte. Faleceu em 27 de julho de 2023 e deixou esposa, dois filhos, Francisco e Daniela, e três netas, Manuela, Carmela e Martina.

Familiares, amigos, colegas e alunos do professor Tecão marcaram presença na solenidade. A vereadora Fabi Virgílio (PT), amiga de Tecão, foi convidada pelo presidente da Câmara Municipal, Paulo Landim (PT), para falar em nome do Legislativo na solenidade. “Tecão é amor e samba, apesar de ser de exatas. Tecão é mestre, mas também manteve a curiosidade por cada coisa inédita com os olhos de uma criança. Tecão é luz, é coração pulsante, amava cada canto dessa cidade, amava nossa gente, nosso sotaque. Junto ao Teroca, enaltecia cada feito dos artistas locais, impulsionava, vibrava e cativava cada um. Sempre havia espaço para todos”, ressaltou.

Muito emocionada, Daniela Cabrera, filha de Tecão, agradeceu a homenagem. “Essa homenagem é muito especial. Eu tenho muito orgulho do que meu pai fez. Ele amou muito essa cidade. Frequentemente eu recebia mensagens no meu celular de pessoas que afirmavam que meu pai as ajudou a estudar, ajudou com a família, com alguém que estava doente, sempre mensagens lindas e cheias de gratidão. Eu contava para ele e eu não sei explicar para vocês a felicidade que ele ficava. Eu até deixava para contar pessoalmente só para ver a carinha dele. Era um prazer ajudar o próximo. Com certeza esse era um dom e ele fazia muito bem. A quantidade de depoimentos que eu já recebia era recorrente, mas depois da sua morte eu perdi as contas de quantas pessoas me escreveram contando histórias das mais diversas. É muito emocionante de ver. Essa ponte é a prova de que ele fez história e a nossa família não poderia estar mais orgulhosa”, comentou Daniela. Além da filha, a família de Tecão foi representada pela esposa Izabel, o filho Francisco e as netas do homenageado, Manuela, Carmela e Martina.

O professor de física José Antonio Pião falou em nome dos colegas e alunos de Tecão. “Falar do Tecão é fácil e eu ficaria horas falando a respeito dele. Tinha um coração maior do que ele. Era o tipo de pessoa que sabia que uma pessoa tinha um problema e ia tentar resolver, inclusive eu fui ajudado várias vezes por ele, assim como muitas pessoas que estão aqui. Ele servia de ponte entre o colégio e a universidade. Sempre trabalhou em cursinho, sempre ajudou a colocar muitos alunos na faculdade. E hoje Araraquara coloca uma ponte com o nome do Tecão. Ele continua sendo uma ponte, agora não mais para a universidade, mas de um bairro para o Centro da cidade. Parabéns a quem teve essa ideia”, comentou.

Quem também prestou uma homenagem a Tecão foi o cantor, compositor, radialista e professor Marcelo Vidal, o Teroca, que cantou a música “Abraço Amigo”. Teroca apresentava, ao lado de seu amigo Tecão, o programa “Do quintal ao municipal”, na Uniara FM.

Também estiveram presentes na solenidade os vereadores Alcindo Sabino (PT), Guilherme Bianco (PCdoB), Edson Hel (Cidadania) e João Clemente (PSDB); o vice-prefeito e secretário de Trabalho, Desenvolvimento Econômico e Turismo, Damiano Neto; o secretário de Governo, Donizete Simioni; a secretária de Desenvolvimento Urbano, Sálua Kairuz Poleto; a secretária de Obras e Serviços Públicos, Renata Bratfisch; a secretária de Comunicação, Priscila Luiz; o secretário de Meio Ambiente e Sustentabilidade, José Carlos Porsani; o secretário de Direitos Humanos e Participação Popular, Marcelo Mazeta; a secretária de Assistência e Desenvolvimento Social, Jacqueline Barbosa; o secretário municipal de Trânsito, Transporte e Mobilidade Urbana, Nilson Carneiro; o superintendente do Daae, Delorges Mano; a presidente do Fundo social de Solidariedade, Cidinha Silva; o chefe de Gabinete, Renato Tonia Ribeiro; e o presidente da Câmara de Santa Lúcia, Milton Cerqueira Leite.

SECRETARIA MUNICIPAL DE COMUNICAÇÃO
PREFEITURA DE ARARAQUARA

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.