Documentário de Jornalismo da Uniara passa a fazer parte do acervo do SESC

0
108

Obra, produzida como Trabalho de Conclusão de Curso, pode ser visualizada na internet

O vídeo-documentário “Desconstruindo o Bela Vista do Chibarro: de Colônia a Assentamento”, produzido em 2016 como Trabalho de Conclusão de Curso pelos egressos da graduação de Jornalismo da Universidade de Araraquara – Uniara, Gabriel Santana Conceição, Ramiz Pizzello Zogheib, Simone Ferrarezi de Oliveira e Viviani Regina Marchi, passou a fazer parte do acervo do Serviço Social do Comércio – SESC. A obra, orientada pela professora Luciane Ribeiro do Valle, pode ser visualizada no link https://bit.ly/3LkQmmB.

“O documentário fala sobre a história do Assentamento Bela Vista, desde a época de colônia até se tornar um assentamento. Tentamos levar um pouco dessa história para as pessoas que ainda não o conheciam em nenhuma das fases. Há relatos bem bacanas sobre o que foi a época colonial, até o que representa hoje o assentamento, para as pessoas que ali vivem, e sobre sua importância para Araraquara”, relatam os egressos.

O grupo conta que a oportunidade de sua produção fazer parte do acervo do SESC surgiu quando Laís Meneguello Bressan contatou Santana, dizendo que representava uma pequena produtora cultural que estava responsável pela curadoria de um acervo fotográfico e audiovisual que seria disponibilizado na plataforma de Turismo Social do SESC. “A Laís disse que Silvani Silva, que é uma participante do documentário, enviou a ela o nosso documentário. A produtora ficou encantada, disse que era muito lindo e sensível, e pediu para incluí-lo no acervo”, explicam os egressos.

O documentário tem um significado muito importante para os quatro ex-alunos, “pois nele tentamos recuperar uma história que poderia se perder com o tempo – resgatar memórias -, que é algo que nos uniu para concretizar esse trabalho”. “Acreditamos na importância do resgate histórico e cultural do nosso interior, das nossas histórias e do nosso povo. Se o nosso documentário acrescentar um pouco de conhecimento e visibilidade ao local, que é rico em histórias, é um sinal que deu certo”, dizem Santana, Zogheib, Oliveira e Marchi.

Os egressos agradecem Luciane “pelo apoio na orientação e construção desse documentário” e ressaltam a importância de conhecer nossa história “desde os escravos, imigrantes e assentados que ali estiveram e puderam contribuir tanto para construção do que é hoje o Assentamento Bela Vista do Chibarro”.

Valle, por sua vez, salienta a importância de o documentário agora pertencer ao acervo “de uma entidade como o SESC”. “É uma honra e um orgulho. Parabenizo os alunos, pois uma semente plantada em 2016 continua produzindo frutos. Cada vez mais mostra a amplitude do trabalho documental e da importância do jornalismo, tanto regional quanto nacional”, destaca.

A orientadora também ressalta “uma vocação que o curso de Jornalismo da Uniara sempre teve, que é esse olhar para a região”. “Esse documentário é mais um exemplo desse exercício de valorização e investimento no que a região, as cidades, têm para oferecerem, tanto no aspecto econômico quanto nos aspectos sociais e culturais”, diz.

De acordo com ela, o trabalho fala essencialmente de pessoas, de seus sonhos e lutas. “Fala sobre acreditar em um ideal e ir em busca dele. Pode parecer lugar comum, mas ao assistir ao documentário, é possível captar essa realidade retratada. E, por último, preciso destacar o fazer jornalístico e a sua importância para o resgate histórico e pessoal de cidades, pessoas e acontecimentos. Esse é o resultado de uma formação plural que os alunos receberam durante o período em que cursaram Jornalismo na Uniara”, comenta.

A ex-coordenadora da graduação, Elivanete Zupolini Barbi, finaliza declarando: “fiquei muito feliz e orgulhosa”.

Atualmente a Uniara oferece o curso de Jornalismo a distância, no formato premium, com aulas ao vivo e interação aluno-professor em tempo real. Mais informações podem ser obtidas no endereço www.uniara.com.br/cursos/ead/graduacao/jornalismo ou pelo WhatsApp (16) 99602-4067. (Assessoria de Imprensa – assimprensa@uniara.com.br)

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.