QUE DUREZA FICAR IDOSO

0
106

Colaboração: João Luiz Ultramari

No meu caso: trabalhando desde criança, cuidando dos pais – que ficaram idosos e já se foram –, de membros da família, criando os filhos para formá-los e não deixar passarem as dificuldades que passamos, agora – em razão da idade – sobra para nós idosos.
O que eu quero dizer é que devido as recentes mudanças na aposentadoria, até nós – idosos – fomos afetados. Veja: fui aposentado pelo INSS com aproximadamente 7 salários-mínimos (SM), hoje seria R$ 9.884,00 (que foi desvinculado da aposentadoria o SM) sendo o teto hoje de R$ 6.433,57, mas o benefício atual é totalmente desvalorizado, foi diminuído praticamente para 2 salários mínimos: R$ 2.824,00, até chegarmos a 1 salário mínimo, hoje R$ 1.412,00, o que já aconteceu com muitos aposentados.

Outra faceta dessa dificuldade e exploração que os idosos devem aturar é em relação a planos de saúde mais caros, quando são os idosos – geralmente – que mais precisam. Por exemplo, o meu plano de saúde individual em razão da idade, subiu para R$ 2.500,00 mensal, portanto, tive que diminuir.

Quando mais jovem, frequentava clubes para meu lazer, esses mesmos clubes cujo títulos tive de entregar em razão das mensalidades altas e suspender um, em razão do valor. Sem falar em tantas outras coisas, como remédios, dentista, encargos mensais, manutenção da casa, carro etc. Imaginem os que dependem de um cuidador. Os que não podem pagar têm que ter a sorte de ser acolhido por um asilo ou casa de repouso, por conta de sua aposentadoria de 1 salário-mínimo.

Quando os idosos pensam que viveriam um final de vida feliz, depois do tudo que passaram, muitos têm que vender a casa ou apartamento, porque suas aposentadorias (sem reajuste como os demais privilegiados) não são mais suficientes para mantê-los. Sorte dos que ainda podem trabalhar ou conseguem emprego com empresários amigos. Vamos aproveitar enquanto podemos, porque não é fácil para muitos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.