Prefeitura propõe retomada do programa de reinserção social de reeducandos

0
91
Foto: Tetê Viviani

Com o objetivo de retomar o programa de Reinserção Social, que garante a parceria da Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social com os Centros de Ressocialização de Araraquara e com a Penitenciária de Araraquara “Dr. Sebastião Martins Silveira, celebrado por meio da Fundação Professor Doutor Manoel Pedro Pimentel (Funap), a Prefeitura de Araraquara enviou para apreciação da Câmara Municipal o projeto de lei solicitando autorização para a abertura de um crédito adicional suplementar, até o limite de R$ 465 mil, que deverá ser empregado na contratação de até 400 reeducandos. Pessoas que estão em fase avançada do cumprimento de pena e já buscam, profissionalmente se reintegrarem na sociedade.
Este convênio de prestação de serviços, que há anos vem demonstrando sua importância social e econômica para os reeducandos e suas famílias, teve que ser interrompido no início de 2020, por conta da pandemia de Covid-19.
“Trata-se de uma parceria sólida, desenvolvida há muito tempo, que possibilita a garantia de renda e da organização das famílias dos reeducandos e reeducandas”, explica Jacqueline Barbosa, secretária municipal de Assistência e Desenvolvimento Social.
Ainda segundo ela, a proposta atual visa a contratação de 80 mulheres e 120 homens do semiaberto e mais 200 homens do regime fechado, para que eles possam prestar serviços ao município em diferentes setores, incluindo limpeza, recepção, serviços gerais e de manutenção, capinagem, jardinagem, além da atuação na área de construção civil, como eletricista, pedreiro, servente e carpinteiro, respeitando o perfil de cada contratado. (Secretaria de Comunicação – Prefeitura de Araraquara)

Deixe uma resposta