GEPOL

0
468
Reclamação de vizinhos e pessoas que usam a Rua Barão do Rio Branco próximo ao nº 968 para se locomoverem, que sua passagem é impedida por conta de escombros e o crescimento de vegetação.

(Editoria)

HÁ UM ANO

Há exatamente um ano, o Jornal de Araraquara trouxe a reclamação de vizinhos e pessoas que usam a Rua Barão do Rio Branco próximo ao nº 968 para se locomoverem, que sua passagem é impedida por conta de escombros e o crescimento de vegetação.

“É impossível usar a calçada no local. Está totalmente tomada por terra, mato e no terreno onde metade da construção foi demolida, lixo e local para esconderijo de pessoas mal-intencionadas”, queixam-se moradores do entorno.

O local parece ter sua infraestrutura comprometida, resta especular se o imóvel poderá sustentar seu próprio peso por muito tempo ou se existe a possibilidade eminente de queda.

CROCHÊ SOLIDÁRIO

O projeto “Crochê Solidário” realizou mais uma entrega de 500 gorros à Maternidade Gota de Leite Vovó Mocinha. Em confraternização na Casa de Repouso Tranquillità de Araraquara, moradores e voluntários se uniram para confeccionar e doar touquinhas de lã para recém-nascidos.

Com essa doação, o projeto, que já possui cinco anos de atuação, alcança a marca de 15 mil peças produzidas e entregues à maternidade. É um verdadeiro exemplo de solidariedade e amor ao próximo!

PRAÇA DO CARMO

Sobre a situação da praça, nosso leitor Clodoaldo Pani deu seu parecer:
“Precisamos de políticas públicas pensadas por técnicos de governos habilitados para entender o fenômeno e propor medidas eficazes. Contudo, para o cargo de gestor nessa área, os agentes políticos responsáveis pela contratação optaram por desprezar a formação de administrador público e conhecimentos específicos no assunto. Logo, não está sendo tratada com seriedade a questão!”
Agradecemos a atenção do Sr. Clodoaldo.

COLÉGIO PROGRESSO

A implementação de um gerador de energia auxiliar de emergência no Colégio Progresso de Araraquara representa um importante avanço na infraestrutura da instituição e evidencia o compromisso com a segurança e o bem-estar dos alunos. Em casos de queda de energia, essa medida garantirá que as atividades escolares possam continuar sem interrupções significativas, mantendo um ambiente propício para o aprendizado. Além disso, demonstra a capacidade da escola de se adaptar a situações imprevistas, priorizando a continuidade das atividades educacionais.

Venha participar da família, tradição e inovação é Progresso.

Quem nos acompanhou até aqui tenha um excelente final de semana e até a próxima, se Deus assim o permitir.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.