Câmara Municipal: principais notícias de vereadores

0
101
Praça São Geraldo

Desde 2019, população aguarda obras prometidas na Praça São Geraldo

Em 2019, a reforma e revitalização da Praça São Geraldo foi uma das obras vencedoras do Orçamento Participativo (OP). Recentemente, o primeiro secretário da Mesa Diretora do Legislativo, vereador Rafael de Angeli (PSDB) pediu informações sobre o andamento das obras.

Reforma do Centro Esportivo ‘Engenheiro Alexandre Eberle Lupo’ suscita questionamentos

A Praça Pública e Centro Esportivo “Engenheiro Alexandre Eberle Lupo”, localizada na Avenida Papa Pio X, é um espaço frequentado por moradores do bairro Jardim Eliana e região. Levando em consideração a importância do aparelho público para a população, o vereador Marchese da Rádio (Patriota) solicita informações sobre o local, que passou por reformas e permaneceu fechado durante a pandemia.

O parlamentar questionou quando a quadra será aberta para a população e qual empresa foi responsável pela reforma. Perguntou ainda sobre o valor investido nas obras, o motivo de a área estar sendo pintada novamente, já que recentemente recebeu o serviço por conta da reforma. O vereador pediu ainda informações sobre a manutenção da grama sintética do campo de futebol.

Complexo Viário Nilo Aranha precisa de readequações

Desde o ano passado, o vereador Carlão do Joia (Patriota) solicita, da Prefeitura, estudos para readequação do estacionamento do Complexo Viário Nilo Aranha, no cruzamento da Alameda Paulista com a Avenida Francisco Vaz Filho, na Vila Xavier.

De acordo com Carlão, são necessárias as seguintes melhorias: poda de árvores, reparo na calçada e bancos e também análise da necessidade de se manter estacionamento próprio para motos. “Estas vagas não são utilizadas por motociclistas, enquanto falta estacionamento para automóveis”, aponta.

Araraquara tem cerca de 18 mil pessoas aguardando por exames

Até 6 de junho deste ano, a fila de espera de cirurgias eletivas em Araraquara chegava a 2.753 e a de exames a 18.034. As informações são da Secretaria Municipal da Saúde em resposta ao vereador Lineu Carlos de Assis (Podemos). Para o parlamentar, a demora na realização dos procedimentos médicos tem colocado em risco a saúde da população.

Segundo a Secretaria, a razão para números tão altos se deve à pandemia de Covid-19. “Vários serviços de referência, local ou em outras localidades, tiveram a sua oferta de consultas, exames e cirurgias eletivas diminutas — sendo que as cirurgias eletivas em ambiente hospitalar tinham restrições de serem realizadas para que não ocorressem contaminações cruzadas de pacientes, e com isto, aumentar o risco de contaminação e comorbidades que pudessem causar óbitos ou sequelas graves entre os usuários do sistema”, diz o ofício.

Ainda de acordo com o documento, os únicos exames que estão com fila zerada são os de Raio X, Tomografia Computadorizada e Mamografia. Já o de maior espera é o de Ultrassonografia, com 14.595 solicitações não atendidas. Em se tratando de cirurgias eletivas, a maior fila é para procedimentos oftalmológicos: são cerca de 900 intervenções represadas.

Espaço de esporte e lazer no Jardim Eliana segue sem previsão de liberação

A Praça Pública e Centro Esportivo Engenheiro Alexandre Eberle Lupo, na Avenida Papa Pio X, é um espaço frequentado por moradores do Jardim Eliana e arredores. “Importante para o bem-estar das pessoas, o local contribui para a saúde física e mental, além de proporcionar boas condições para exercício físico, descansar ou apreciar o lugar”, argumentou o vereador Marchese da Rádio (Patriota), pedindo informações sobre a zeladoria do espaço.

Em resposta, o gerente de Próprios da Secretaria Municipal de Esportes e Lazer, Fernando Cesar Supesche da Fonseca, informou que a quadra será liberada para utilização assim que a empresa Tecnocom, responsável pelas obras, terminar os reparos. Ele explica que não possuem o valor exato investido na reforma da quadra, pois a empresa orça o valor total da reforma da área de lazer, incluindo a construção dos vestiários, quadra, elétrica, hidráulica etc. “Sendo assim, o valor total da licitação foi de R$ 565.425,06.”

Indicação aponta falta de ressonância magnética de campo aberto no sistema público

Na terça-feira (21), o vereador João Clemente (PSDB) sugeriu que o setor competente da Prefeitura estude a possibilidade de realização do exame de ressonância magnética de campo aberto na rede pública municipal de saúde.

Segundo o parlamentar, pessoas com claustrofobia, obesas, e as que não podem ser expostas a radiações ionizantes, possuem restrições à realização do exame de campo fechado. Clemente argumenta que é possível fazer o procedimento de campo aberto com a devida avaliação médica, facilitando, assim, a detecção precoce de algumas enfermidades.

Secretaria responde sobre obras do OP no Assentamento Monte Alegre

O Orçamento Participativo (OP) é um mecanismo governamental de democracia participativa que permite aos cidadãos decidir sobre os orçamentos públicos. Por isso, a vereadora Luna Meyer (PDT) pediu informações sobre o OP no Assentamento Monte Alegre.

Em resposta, a secretária municipal de Direitos Humanos e Participação Popular, Amanda Vizoná, salientou que, nos anos de 2017, 2018 e 2019, o Assentamento fazia parte da Região 10, e que, nas três Plenárias, saíram vitoriosas as obras propostas pela Chácara Flora, de pavimentação da região. “A reforma da Emef Maria de Lourdes da Silva Prado e no Centro de Educação e Recreação Irmã Maurina Borges da Silveira, ambas no Assentamento Monte Alegre, ficou em segundo lugar, o que fez dela uma prioridade de investimento assim que houvesse uma oportunidade de recurso financeiro. Tal recurso foi conquistado em 2021, fato que possibilitou o início das obras que somam o investimento de R$ 1.123.056,29”, detalhou.

A chefe da pasta lembrou que algumas obras não iniciadas passam pelos contratempos advindos da pandemia, como o atraso de alguns processos burocráticos e redução do quadro de servidores da Prefeitura que participam do processo que antecede cada obra: elaboração de estudo prévio para viabilidade de execução, de projeto técnico arquitetônico, de planilha orçamentária e do processo licitatório.

‘Araraquara Inteligência Artificial’ é sugestão para agilizar acesso a serviços públicos

Com o propósito de colocar Araraquara no patamar das Cidades Inteligentes e Sustentáveis, o vereador João Clemente (PSDB) sugeriu criação do “Araraquara Inteligência Artificial (AIA) – Acesso aos Serviços Públicos de forma Ágil, Segura e Personalizada”.

Por meio do “AIA”, a população poderia ter acesso aos diversos serviços disponibilizados pelo Poder Público Municipal, em um único local na rede mundial de computadores. “Os objetivos são desburocratizar, simplificar e tornar ainda mais acessível a prestação dos serviços públicos”, justificou o parlamentar.

No referido site, de acordo com Clemente, cada secretaria, coordenadoria, gerência e autarquia, por exemplo, disponibilizaria os principais serviços aos cidadãos, “inserindo Araraquara em nível ainda maior de excelência na prestação dos serviços públicos”.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.