Câmara aprova Moção de Repúdio contra falta de reajuste aos policiais paulistas

0
108

Documento assinado por sete vereadores passou por deliberação do Plenário na última sessão ordinária

Segundo levantamento do Anuário de Segurança Pública de 2021, o Estado de São Paulo está na “lanterna” dos investimentos em segurança pública, empregando pouco mais de 5% de sua arrecadação na referida pasta, o que afeta diretamente na remuneração dos policiais militares.
Uma moção de repúdio ao que chamaram de “omissão do governo do estado de São Paulo perante a grave crise salarial dos policiais paulistas” foi assinada pela bancada do Patriota na Câmara Municipal de Araraquara, composta por Carlão do Joia, Marchese da Rádio e Marcos Garrido, e também pelo segundo secretário da Mesa Diretora, Lucas Grecco (PSL), e pelos vereadores Emanoel Sponton (Progressistas), Hugo Adorno (Republicanos) e Lineu Carlos de Assis (Podemos). O documento foi apresentado e aprovado na Sessão Ordinária de 07 de dezembro e será encaminhado à Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo para providências.
“A atual crise salarial é histórica, já que as remunerações das carreiras policiais paulistas estão entre as piores do Brasil, sendo que alguns cargos, graduações e postos estão na última posição no comparativo com funções similares das demais unidades federativas do País”, apontam no documento. (Comunicação Social – Câmara Municipal de Araraquara)

Deixe uma resposta