Análise Cinematográfica

0
771

Colaborador: Bruno Sanches Bosso Munhoz

FILME: AS LINHAS TORTAS DE DEUS

O filme “As Linhas Tortas de Deus” lançado dia 6 de outubro de 2022, por Oriol Paulo, excede nossas expectativas e nos surpreende pela forma como é conduzido. Pelo título, somos levados a pensar que se trata de um filme religioso ou que aborda como os acontecimentos em nossas vidas, bons ou ruins, eventualmente se tornam claros e compreensíveis.

A trama se inicia com a investigadora particular Alice (Barbara Lennie) se internando em um hospital psiquiátrico para investigar um crime ocorrido anos atrás. O que ela não esperava era que, no meio de tantas pessoas com problemas psicológicos, sua própria sanidade seria posta à prova.

O filme apresenta variações temporais, alternando entre passado e presente, o que nos instiga a descobrir como o assassinato foi realizado. Para nossa satisfação, o desfecho é revelado de uma maneira diferente daquela que imaginávamos durante todo o filme. Os personagens que permeiam a história, com suas próprias trajetórias e os conflitos internos dos pacientes, nos levam a seguinte reflexão sobre nossa própria rotina diária:

Enquanto reclamamos das pequenas coisas e brigamos com colegas de trabalho, esquecemos de agradecer pela vida que temos, pois há muitas pessoas ao redor do mundo que dariam tudo para viver a rotina que tanto criticamos.

Em suma, recomendo este filme a todos. Ele é emocionante, nos desperta sentimentos de repulsa e reflexão sobre a realidade de muitas pessoas. É um filme diferente do estilo hollywoodiano, mas que vale a pena ser visto.
Nota 7/10. Obrigado.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.