Aluna de Etec é selecionada para estudar Engenharia Química na Espanha

0
352
Foto: Divulgação - Bianca Stefanini sempre estudou em escolas públicas e conquistou bolsa para a Universidade de Jaén.

Com uma bolsa de estudos concedida por seu histórico escolar, a estudante colocou no ar uma vaquinha virtual para ajuda-la a conseguir chegar ao seu destino

Bianca Letícia Stefanini não teve tempo de pensar na faculdade que gostaria de cursar. Oscilava entre várias possibilidades quando descobriu, às vésperas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), que sua carteira de identidade havia sumido, o que inviabilizava sua participação na prova. Era o final de 2021 e ela acabava de concluir o curso técnico de Administração na Escola Técnica do Estado (Etec) José Carlos Seno Junior, em Olímpia, fechando um ciclo escolar realizado exclusivamente em instituições públicas, incluindo os três anos de língua espanhola que a estudante frequentou no Centro de Línguas de sua cidade. Não que ela já pensasse em Jaén, cidade do sul da Espanha. “Dentro do que o Centro oferecia, o espanhol era o que mais me agradava, até pela semelhança com o português”, conta.

O ano de 2022 trouxe uma surpresa para Bianca: inscrita pela Etec, em março, para concorrer a uma bolsa de estudos na Universidade de Jaén, ela foi escolhida com base em seu histórico escolar. O resultado foi divulgado em junho, e a partir do próximo dia 12, quando tem início do ano letivo europeu, Bianca passará quatro anos cursando Engenharia Química, com a obrigação de apresentar boas notas. “Tenho metas a cumprir”, ela conta.

Na Etec, o diretor Marcos Henrique Centurione Ramos concorda com os professores de Bianca quando afirmam que “ela sempre foi comprometida com os estudos, pontual com suas obrigações, tanto individuais quanto em pares”.

Arrecadação via internet

A indecisão sobre qual faculdade cursar foi resolvida. Mas restava um entrave: a universidade concede ao aluno um valor anual suficiente para custear seu alojamento, mas não disponibiliza verba para compra da passagem aérea e para bancar as primeiras despesas. A mãe da estudante vendeu o carro; ainda assim, foi preciso criar um site para organizar uma vaquinha virtual. Para sorte de Bianca, porém, uma tia que vive há 16 anos na Espanha, e a 2 horas de Jaén, fará a estudante se sentir mais perto dos pais, do padrasto e dos três irmãos. Ela contará ainda com a companhia de Júlia Prestes, estudante da Etec Professor Edson Galvão, escola agrícola de Itapetininga, também selecionada para a Universidade de Jaén.

Ao saber que havia conquistado a bolsa de estudos, Bianca começou a reunir os documentos para providenciar uma segunda via do Registro Geral, necessário para os trâmites da bolsa. Foi assim que encontrou o documento original, cujo sumiço a fez perder a prova do Enem. Agora a urgência é pelo valor que a coloque no avião em direção a Jaén. Dos 7 mil reais colocados como meta, foram arrecadados, até o dia 25 de agosto, 1,7 mil reais. Para contribuir com qualquer valor, acesse https://www.vakinha.com.br/3019831

Sobre o Centro Paula Souza – Autarquia do Governo do Estado de São Paulo vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Econômico, o Centro Paula Souza (CPS) administra as Faculdades de Tecnologia (Fatecs) e as Escolas Técnicas (Etecs) estaduais, além das classes descentralizadas – unidades que funcionam com um ou mais cursos, sob supervisão de uma Etec –, em cerca de 360 municípios. As Etecs atendem mais de 226 mil alunos nos Ensinos Técnico, Integrado e Médio. Nas Fatecs, o número de matriculados nos cursos de graduação tecnológica supera 96 mil estudantes.

(Assessoria de Comunicação do Centro Paula Souza– imprensa@cps.sp.gov.brwww.cps.sp.gov.br)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.