Voto a voto na eleição da Casa da Criança

Na apuração final, a chapa comandada por Vera Lúcia Aiéllo Sotratti ganhou da presidida por Dáphines Pestana Fernandes por apenas 1 voto.

Por que duas chapas concorrentes, numa entidade assistencial? O que a Casa da Criança tem de especial para motivar a abertura de coração de um grupo comandado pelo empresário Dáphines Pestana Fernandes?

A concorrência é sempre pertinente, mas, com tantos problemas para a manutenção de uma entidade, como a da Liga de Assistência Cristo Rei, causa interrogação a luta eleitoral.

Mas, o importante é saber que Daphines e seus companheiros de chapa, que perderam por 1 voto, estão prontos e com muita vontade de trabalhar para o semelhante, mesmo que seja em outras instituições. Mas, com certeza, com espírito solidário e fraternal, os perdedores vão colaborar com a diretoria eleita para o melhor destino da casa. Afinal, só pode ter sido esse o objetivo d chapa de oposição, não é mesmo?

Votação

A chapa vencedora, da situação, presidida por Vera Lúcia Aiéllo Sotratti, teve 113 votos.

A chapa de oposição, presidida por Dáphines Pestana Fernandes, conseguiu 112 sufrágios.

Exatamente 226 compareceram para votar, dos quais 1 voto foi anulado de acordo com as normas estipuladas pelos concorrentes.

A Casa da Criança ganha mais energia com a disputa acirrada nas eleições para renovação de diretoria. Voltaremos ao assunto.

Compartilhe :

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Agenda Cultural

Boletim Diário número 75 – de 14 de junho de 2024

Edinho assina Ordem de Serviço para reforma e ampliação da USF do Adalberto Roxo

Edição 1605 – de 14 a 18 de junho de 2024

(Editorial) Queimadas urbanas! Reclamações todos os dias

CATEGORIAS