Vereador Lineu Carlos de Assis fala na Sessão da Câmara sobre diversos problemas da cidade

0
286

OBRAS DA PASSARELA ORIVAL RAMALHO

Em julho de 2021 enviamos um requerimento à Prefeitura solicitando informações a respeito da estabilidade e segurança da estrutura da passarela Orival Ramalho, considerando a intenção do Poder Público de utilizar o local como feira popular, abrigando vendedores ambulantes.
Como resposta, em 08 de setembro de 2021 nos foi informado que em 2019 foi contratada uma empresa especializada para a avaliação e identificação das ações necessárias para a passarela em questão, tendo sido elaborado um laudo técnico de 27 páginas para determinar as condições físicas em que se encontram as estruturas da passarela.
A partir desse laudo, foi feita uma obra de recuperação, que teve um investimento de R$ 300.063,90, oriundos de recursos próprios do município.
Em 7 de janeiro de 2022 solicitamos à Prefeitura Municipal os custos detalhados, notas fiscais e planilhas referentes à obra e a utilização dos recursos a ela destinados.
Em 21 de janeiro de 2022 recebemos a resposta, que não forneceu as informações e detalhamentos que solicitamos, informando somente os números de três notas fiscais, nos valores de: R$ 93.012,30; R$ 73.938,10; R$ 133.113,50, que somados, totalizam os R$ 300.063,90.
A Prefeitura nos enviou também um Link para pesquisa dos documentos referentes ao processo licitatório, no qual não foi possível encontrar as informações procuradas e nem as cópias das referidas notas fiscais para que pudéssemos comprovar e fazer a conferência.
Em 09 de fevereiro foi publicado extrato de contrato no valor de R$ 27.000,00 para a contratação de empresa especializada em laudo de avaliação da passarela e elaboração de projeto de quiosque.
Somando-se ao valor inicial, são R$ 327.063,90 gastos até o momento com a Passarela e não foi fornecido nenhum tipo de comprovação ou detalhamento da utilização do montante.
Lamento o descaso não só a esse vereador, mas sim, e principalmente, aos munícipes araraquarenses, que têm todo o direito de saber como, onde e detalhadamente, é gasto o seu dinheiro, proveniente de pagamentos de impostos. A resposta que nos foi oferecida pela Prefeitura Municipal De Araraquara, mostra total falta de respeito e responsabilidade.

O DESCASO DA SECRETARIA DE EDUCAÇÃO E ESCOLAS DE ARARAQUARA COM RELAÇÃO ÀS CRIANÇAS ESPECIAIS:

1 – No Vale Do Sol temos uma criança autista que precisa ir para a escola e que precisa de socialização.
Desde agosto de 2021 a Secretaria Municipal De Educação e a Escola inventam mil desculpas e nada resolvem.
A mãe procurou o Conselho Tutelar e o órgão acionou a Prefeitura/Secretaria da Educação, que ficou de dar um posicionamento até a última sexta feira (18/fevereiro). Até agora não lhe foi oferecida nenhuma resposta. Em 22 de fevereiro, a mãe procurou a Secretaria De Educação e a Escola para, mais uma vez, externar seus direitos.
Até quando teremos essa falta de respeito a essa família, a essa criança?

2 – No CECAP temos outro problema de total falta de respeito no sentido humano, no caso, a duas crianças com Síndrome de Down, que não conseguem vagas na escola, para seus estudos e interação social.
Nesse caso, as mães também procuraram o Conselho Tutelar e o órgão, mais uma vez, acionou a Prefeitura/Secretaria da Educação, que ficou de dar um posicionamento ao mesmo até a última sexta feira (18/fevereiro). Até agora não lhe foi oferecida nenhuma resposta.
A Prefeitura Municipal de Araraquara, que fartamente tem 145 cargos comissionados, dando um gasto de mais de milhão aos cofres municipais, não se digna a contratar um agente educacional voltado para essa área.
Essas crianças estão sem escola, sem estudo e privados de socialização/interação na sociedade.
Como diz um conhecido apresentador do jornalismo: “ISSO É UMA VERGONHA!!!”
Está na hora do Poder Público olhar um pouco mais para seus cidadãos, para as necessidades do povo de Araraquara e cuidar da nossa cidade, totalmente abandonada.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.