Superintendente destaca atuação do DAAE na pandemia

0
303

Em entrevista ao “Canal Direto com a Prefeitura”, Donizete Simioni falou dos investimentos e projetos da autarquia responsável pela água e esgoto de Araraquara

Na sexta-feira (26), o “Canal Direto com a Prefeitura – Especial Fim de Ano” conversou com Donizete Simioni, superintendente do Departamento Autônomo de Água e Esgotos (DAAE). O programa é oferecido pela Prefeitura de Araraquara, através da Secretaria de Comunicação, com o objetivo de sanar dúvidas dos moradores ao vivo em relação à gestão municipal. A entrevista foi transmitida pelo Facebook da Prefeitura, onde o vídeo se encontra disponível para visualização.
Simioni falou sobre a atuação do DAAE durante a pandemia da Covid-19 em Araraquara, a começar pelo cuidado com o quadro de funcionários. “Assim como toda a Prefeitura, o DAAE seguiu todas as recomendações do Comitê de Contingência e da ciência. Em um primeiro momento, afastamos todos os servidores que eram considerados do grupo de risco, trabalhamos com revezamento de equipes e implantamos a jornada de trabalho em casa. Também fizemos algumas adaptações dos nossos espaços físicos, principalmente naqueles espaços em que havia maior aglomeração de servidores. Mesmo com todos esses cuidados e com 95 servidores afastados por serem do grupo de risco, conseguimos manter os nossos serviços essenciais, como coleta de lixo, captação e tratamento de água e coleta e tratamento de esgoto”, assegurou.
Outro fator que deu ao DAAE um papel fundamental nesse período foi o de garantir o abastecimento de água para toda a população, independente da inadimplência. “Muitas famílias ficaram economicamente abaladas, passaram por dificuldades e estão passando, e acho que o DAAE cumpriu o seu papel. Decidimos não cortar a água de nenhum contribuinte da cidade de Araraquara e fizemos isso de março de 2020, início da pandemia, até o final de agosto e início de setembro de 2021. E agora estamos retomando os cortes de forma bastante gradual”, destacou.
Segundo ele, essa medida gerou dificuldades na arrecadação da autarquia. “Agora, para facilitar para os contribuintes que queiram acertar as contas que ficaram atrasadas na pandemia, nós lançamos o Refis, juntamente com a Prefeitura, com uma parcela de entrada muito pequena e o parcelamento em até 72 vezes, principalmente para aquelas famílias que estão registradas no CadÚnico”, citou.

SEM RACIONAMENTO

A qualidade do trabalho do DAAE também foi colocada à prova no grave período de estiagem que a região passou nos últimos meses. “Isso afeta o sistema de abastecimento, as pessoas consomem mais e, sem chuva, muitas cidades decretaram o racionamento de água. Nós passamos por esse período, com pandemia, estiagem, seca, sem decretar nenhum tipo de racionamento. Isso mostra a qualidade, a eficiência, o planejamento do DAAE, não só agora que estou como superintendente e o Edinho está como prefeito, mas com todo o legado que nossos antepassados, as pessoas que passaram pelo Daae, deixaram. Temos que fazer referência a eles. E não só os aos que passaram, mas também aos que estão lá, que formam uma equipe técnica de muito potencial, a qual eu deixo meus agradecimentos”, comentou.

AMPLIAÇÃO NO ESPAÇO DE ATENDIMENTO

O superintendente pontuou que o DAAE realiza em média 290 atendimentos por dia e uma média de 8.688 por mês. Ele afirmou que, mesmo antes da pandemia, já havia o planejamento de ampliar a central de atendimento, tanto que foi inaugurada em 2019 a estrutura localizada ao lado do órgão, no antigo Clube Estrela. “Esse espaço é muito adequado e traz toda a adequação em um espaço físico mais amplo. São 2.600 metros quadrados entre pavimento térreo, primeiro andar, segundo andar e estacionamento. As pessoas sabiam da precariedade no espaço físico de atendimento do DAAE, então nós conseguimos ampliar esse espaço e trazer um novo conceito, com serviços digitalizados, senha, e para quem tiver que esperar, será de forma confortável e no máximo de 15 a 20 minutos”, garantiu.

SITUAÇÃO ATUAL DA AUTARQUIA

Donizete Simioni revelou que em 2021 a Prefeitura perfurou quatro poços profundos com o objetivo de melhorar o fornecimento de água. Esse serviço foi realizado no Assentamento Bela Vista, Jardim Pinheiros, região do Ouro e na próxima semana será inaugurado mais um na Região Sul da cidade. Além disso, já foi iniciada a obra de mais um poço na Chácara Flora. Segundo ele, desde 2017 foram nove poços inaugurados em Araraquara.
O superintendente do DAAE também citou a preocupação com a revitalização de quatro importantes represas da cidade, o que também visa melhorar o fornecimento de água de diversos bairros. Ele destaca o trabalho realizado na represa Anhumas em parceria com a Usina Santa Cruz, o desassoreamento da represa do Águas do Paiol e o desassoreamento total do Ribeirão das Cruzes, que é responsável pelo abastecimento de 25% da população de Araraquara.
Ele revelou que a previsão é de fechar 2021 com R$ 15 milhões em investimentos. “Nós investimos 5% do nosso orçamento em 2017, 16% em 2018, 14% em 2019 e 12% em 2020, resultando de 2017 a 2020 em um total de R$ 80 milhões em investimentos”, menciona Donizete, que também afirmou que os servidores que estavam afastados retornaram, por isso os serviços estão sendo prestados novamente com todo o potencial.

DESAFIOS PARA 2022

Donizete Simioni declarou que a meta do DAAE para o ano que vem é continuar investindo para garantir toda a qualidade no saneamento básico da cidade. “Para isso, nós temos que continuar perfurando mais poços, integrando essa nossa rede que nós temos, tanto de água como de esgoto. É importante falar que nós temos 1.400 quilômetros de rede de água na cidade, além de 1.300 quilômetros de rede de esgoto que garantem o abastecimento de toda a cidade”, alegou.
Ele valorizou a importância dos servidores nesse processo. “Destacamos o compromisso do DAAE com o saneamento básico da cidade, mantendo a qualidade, a eficiência e a agilidade desse serviços, que há 52 anos são prestados à população de Araraquara através do DAAE e graças a seus quase 500 servidores, que não têm hora e não tem dia, já que os serviços essenciais são oferecidos 24 horas por dia. Temos problemas, temos falhas, mas é visando o aprimoramento cada dia mais desses serviços que nós vamos vencer esse desafio e esses problemas, que existem e devem ser enfrentados”, concluiu.

A SÉRIE

No “Canal Direto com a Prefeitura – Especial Fim de Ano”, os secretários e presidentes de fundações e autarquia do governo falam, ao vivo, sobre as principais ações desenvolvidas por suas pastas durante a pandemia da Covid-19 em 2021, além de apresentar um panorama atual de suas atuações e comentar sobre as perspectivas para o próximo ano.
Os programas são diários, têm a duração aproximada de 20 minutos e são abertos para a participação dos internautas, que podem mandar suas perguntas e dúvidas pelo Facebook (www.facebook.com/prefeituraararaquara), nos posts da transmissão ao vivo. Quem não puder interagir em tempo real, terá a oportunidade de assistir ao programa posteriormente, na fanpage da Prefeitura.
Na próxima semana, os entrevistados serão a coordenadora de Bem-Estar Animal da Prefeitura, Carol Mattos Galvão (segunda, 29); o vice-prefeito e secretário do Trabalho, Desenvolvimento Econômico e Turismo, Damiano Neto (terça, 30); a secretária de Comunicação, Priscila Luiz (quarta, 1º de dezembro); a secretária de Governo, Planejamento e Finanças, Juliana Agatte (quinta, 2); e o secretário de Meio Ambiente e Sustentabilidade, José Carlos Porsani (sexta, 3).

(Secretaria de Comunicação – Prefeitura de Araraquara)

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.