Sebrae-SP realiza evento para ajudar empreendedores de Araraquara e região a saírem do vermelho

0
453
Imagem: Sebrae-SP - Evento começa a partir desta terça (16) em todo o Estado.

“Do Vermelho ao Azul” acontece nos dias 16 e 18 de abril de forma presencial e online em todo o Estado; inscrições gratuitas já estão abertas

Com o objetivo de ajudar as micro e pequenas empresas de Araraquara e região que estão no vermelho a organizarem o fluxo de caixa e renegociarem suas dívidas, o Sebrae-SP realiza nos dias 16 e 18 de abril, forma presencial e remota, o evento gratuito “Do Vermelho ao Azul”. O evento acontece na sede do Sebrae-SP, na capital paulista, e será transmitido pelo Youtube da instituição para aqueles que não puderem estar presentes.

A ação contará com a palestra de Leandro Trajano com o tema “Saia do endividamento com Planejamento e Inteligência Financeira”, às 15h. Na sequência, as principais instituições financeiras atenderão de forma presencial nas unidades do Sebrae. Contaremos neste evento com o Banco do Povo, Desenvolve SP, Caixa, Banco do Brasil, entre outros. Quem assistir o evento de forma online, pode se dirigir a um escritório do Sebrae-SP posteriormente.

Os participantes também poderão solicitar uma assessoria pós crédito totalmente gratuita. A solicitação, bem como as inscrições para o evento, deve ser feita na página do evento disponível neste Link.

“Esse vermelho no fluxo de caixa muitas vezes acontece por erros de cálculo e falta de uma gestão financeira apropriada nos negócios. Independentemente da razão, vamos mostrar neste evento que é possível renegociar as dívidas e voltar a ter um fluxo de caixa que mantenha a empresa no azul e competitiva no mercado”, explica Magda Calegari, consultora de negócios do Sebrae-SP.

Números do Mapa de Empresas, a partir da Receita Federal, apontam que existem hoje mais de 19 milhões de micro e pequenos negócios no Brasil. Em Araraquara são cerca de 30 mil.

De acordo com o Indicador de Inadimplência das Empresas da Serasa Experian, a inadimplência atingiu cerca de 2 milhões de pequenos negócios no Estado de SP em janeiro deste ano, um aumento de 0,2% em comparação ao mesmo período de 2023. A Serasa considera inadimplência, neste caso, ao menos um compromisso vencido e não pago e que tenha gerado a inclusão do CNPJ em seu banco de dados.

(Assessoria de Imprensa (UMC) – Sebrae-SP)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.