Saúde responde sobre valorização de profissionais de enfermagem

0
91

Informações foram fornecidas após indicação do vereador João Clemente (PSDB)

No final de setembro, o vereador João Clemente (PSDB) fez a Indicação nº 4.254/2021 à Prefeitura, sugerindo a realização de estudos e análises para criação e implementação do Programa Municipal de Valorização dos Enfermeiros, Técnicos e Auxiliares de Enfermagem.
“Os profissionais da enfermagem desempenham funções nos diversos equipamentos públicos da saúde municipal, hospitais, maternidades, unidades de pronto atendimento, unidades básicas de saúde, dentro dos diversos programas mantidos pelo município, seja com recursos próprios e ou com o apoio de outros entes federados”, destacava o parlamentar no documento.
Em resposta, a coordenadora executiva de Atenção Básica da Secretaria Municipal da Saúde, Talitha Martins, explicou que já existem algumas ações com a finalidade de valorizar, não apenas os profissionais de enfermagem, mas todos os profissionais da saúde atuantes no município. “A Política Nacional de Humanização (PNH), lançada em 2003, busca colocar em prática os princípios do SUS no cotidiano das unidades de saúde. A PNH possui, como uma de suas diretrizes, justamente a valorização do trabalho e do trabalhador, através de ações que têm como finalidade dar visibilidade à experiência dos trabalhadores e incluí-los na gestão das ações e processos que norteiam as atividades em saúde no âmbito do SUS.”
A coordenadora detalha que a Secretaria Municipal da Saúde possui um grupo denominado Grupo de Trabalho de Humanização (GTH), que é um dispositivo da PNH. “O GTH é um grupo de trabalhadores para trabalhadores, que realiza ações de apoio institucional, valorização do trabalho dos profissionais de saúde, bem como ações que resultam em acolhimento dos profissionais e melhoria nos processos de trabalho desenvolvido pelos mesmos, trazendo benefícios importantes para a população.”
Segundo Talitha, por meio do GTH, nos anos de 2014, 2017 e 2019, foi promovido o evento denominado “Mostra de Atenção Primária à Saúde”, dando visibilidade e valorizando as ações realizadas pelos trabalhadores da Atenção Básica no município, como também outros que compõem a Diretoria Regional de Saúde (DRS III), no caso da Mostra de 2019. “Além disso, a Coordenadoria Executiva de Atenção Básica tem se esmerado em formular processos de avaliação para, assim, nortear incentivos financeiros aos profissionais, com a finalidade de contemplá-los em ações de incentivo e valorização de suas ações laborais. Tais processos encontram-se em andamento.”
Sobre protocolos, ela explica que a Coordenadoria e a Gerência de Educação Permanente realizam reuniões semanais de educação continuada, tanto para a construção de protocolos como para a formação dos profissionais da rede, com o intuito de aprimorar e melhorar o processo de trabalho. “Sendo assim, saliento que esta Coordenadoria entende a necessidade de valorizar os profissionais de saúde atuantes no município, e se compromete a fazê-lo de forma acolhedora e humanizada”, finaliza. (Comunicação Social – Câmara Municipal de Araraquara)

Deixe uma resposta