Publicidade da Uniara é bronze no FestVideo com campanha contra o racismo

0
106

Premiação foi realizada nesta terça, dia 5 de abril, em Ribeirão Preto

O vídeo da campanha publicitária “Racismo, um câncer moral”, desenvolvido pela agência experimental Pupila Marketing Criativo do curso de Publicidade e Propaganda da Universidade de Araraquara – Uniara, ganhou o bronze no FestVideo, na categoria “Universitário [especial]”, nesta terça-feira, dia 5 de abril, em Ribeirão Preto. A produção pode ser visualizada no link https://bit.ly/35nqiIo.

A campanha foi criada em 2021 como trabalho final da graduação, sendo o cliente o Centro de Referência Afro “Mestre Jorge”, vinculado à Coordenadoria Executiva de Políticas Étnico-Raciais da Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Participação Popular da Prefeitura de Araraquara.

“A ideia era uma campanha educativa para trazer conhecimento para aqueles que ainda acreditam que o racismo é apenas algo do passado ou, como muitos dizem, ‘mimimi’. Infelizmente o racismo é um preconceito que está no dia a dia de muitos brasileiros”, relata a integrante da Pupila e egressa da graduação, Maria Eduarda Lázaro de Freitas, em nome dos outros ex-estudantes membros da agência experimental, Edson Evandro Fernandes de Almeida, Laura da Costa Silvério e Mariana Sundermann Martinelli.

Ela conta que o prêmio foi “muito especial porque realmente não esperávamos por esse resultado”. “Fomos selecionados para o shortlist e, quando apareceu no telão o terceiro lugar, foi incrível, uma sensação surreal, inexplicável”, relata.

A campanha está sendo veiculada pela Prefeitura de Araraquara. “Era para ter sido apenas um trabalho final, mas conforme as coisas foram acontecendo, o projeto ganhou uma proporção muito grande. Participamos, inclusive, do evento de lançamento da campanha na Câmara Municipal no dia 21 de março, Dia Internacional de Luta pela Eliminação da Discriminação Racial, uma data muito importante. Ficamos muito satisfeitos e realmente foi bastante inesperada toda essa repercussão”, revela Freitas.

O trabalho foi desenvolvido na disciplina de Produção Publicitária em Televisão, ministrada pelo professor Luis Paulo de Campos. “Mais uma vez, fomos premiados e, agora, marcando a volta presencial do evento. “A Uniara está cumprindo o seu papel e colhendo esses frutos. Foi muito gratificante”, diz o docente.

O curso de Publicidade e Propaganda, de acordo com ele, “trabalha com todas as questões contra qualquer tipo de preconceito, seja ele racial, religioso, de gênero etc.”. “Trabalhamos na valorização da vida. Estou com a alma lavada com esse prêmio, pois é muito mais do que um bronze para mim. O trabalho sensibilizou os jurados. Tem o valor de ouro, pois é uma peça belíssima e que promove reflexões”, declara.

A coordenadora da graduação, Eduarda Escila Ferreira Lopes, também comemora a conquista. “Estou feliz demais e tenho orgulho desse curso. Parabéns aos alunos e docentes, em especial ao professor Luis Paulo e à Pupila. O profissionalismo dos docentes e alunos que, nessa campanha, nos fazem refletir sobre o racismo, faz com que a premiação seja um grande orgulho, um diamante”, finaliza.

Informações sobre o curso de Publicidade e Propaganda da Uniara podem ser obtidas no endereço www.uniara.com.br ou pelo telefone 0800 55 65 88.

(Assessoria de Imprensa – assimprensa@uniara.com.br)

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.