O sucessor terá a palavra

O presidente Fernando Henrique Cardoso afirma que compartilhará com a nova gestão decisões que tenham impacto nos próximos anos. Vai dividir a responsabilidade com o candidato a ser eleito neste domingo (27) que terá “opinião preponderante” sobre qualquer mudança na meta de superávit primário exigida no acordo de empréstimo com o FMI e deverá ter a palavra final sobre a licitação de US$ 700 milhões para a compra de novos caças para a Aeronáutica.

A decisão de FHC está sendo festejada em Gavião Peixoto, uma vez que o candidato Luiz Inácio Lula da Silva, virtual ganhador, já declarou que não há porque abrir concorrência internacional se os aviões podem ser fabricados no Brasil pela respeitada Embraer, com mão-de-obra dos trabalhadores brasileiros e economia de um monte de dólares.

Basta, agora, esperar a apuração dos votos e, pela coerência, que o presidente eleito diga “sim”.

A construção dos caças da FAB servirá para reafirmar, com as cores definitivas, a importância da unidade Embraer de Gavião Peixoto, altamente positiva à região de Araraquara.

Compartilhe :

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Educação SP investe em tutoria contra defasagem no aprendizado de português e matemática

Santa Casa divulga balanço referente ao Programa Saúde Cidadã

Confira as feiras de artesãos e empreendedores do final de semana (28, 29 e 30 de junho)

Choro das Águas: banda Tapa na Pantera homenageia Raul Seixas neste domingo (30)

Serviço de oftalmologia da Santa Casa finaliza mutirão de exames de refração

CATEGORIAS