O ABANDONO DOS IMÓVEIS EM ARARAQUARA

0
89
Antigo Hospital Psiquiátrico na Vila Xavier

Colaboração: João Luiz Ultramari

É lamentável a situação de alguns imóveis em Araraquara, como o antigo Tropical Shopping, que permaneceram negligenciados até que uma tragédia ocorresse. Os proprietários e empresas responsáveis devem ser levados à Justiça.

Muitos pais de alunos de grandes escolas de Araraquara, como SESI e Escola Adventista, vizinhos do prédio abandonado do antigo Hospital Psiquiátrico de Araraquara (ex-IAP) na Vila Xavier, clamam por socorro. O local encontra-se em meio a um matagal, frequentado por andarilhos (sem saber se há criminosos entre eles). O mato alto, os vidros quebrados e a presença de pessoas invadindo o local tornam a situação insustentável.

Administrações públicas, Secretaria da Saúde e equipes de combate à dengue não podem permitir que ocorra o pior, como no caso do Tropical Shopping. É urgente que tomem providências imediatas e levem os proprietários à justiça. A quantidade de lixo acumulado no local também exige atenção.

O Centro de Artes e Ofícios “Judith Lauand”, um órgão da Prefeitura, ao lado da Escola Adventista, encontra-se em estado de abandono, com mato alto e invadido por andarilhos. Prefeito e vereadores precisam tomar medidas urgentes.

Outros imóveis abandonados, como o antigo Supermercado Santo Antonio, na antiga Indústria Minasa, também demandam soluções imediatas. A administração pública deve agir e resolver esses problemas. O exemplo precisa ser dado pelas autoridades, incluindo a Prefeitura, Câmara Municipal e demais órgãos. A população não pode continuar sofrendo com a negligência em relação a esses imóveis abandonados há mais de vinte anos.

É inaceitável que um prefeito inicie uma ação e o próximo não dê continuidade ou manutenção, como ocorre com o Centro Comercial do Carmo. A situação lamentável, com calçadas danificadas, árvores sem manutenção e outras questões, precisa ser resolvida com urgência. Continuaremos a abordar esses assuntos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.