O 1º centenário de amor-doação

Texto: Erika Sirino

Viabilização: Marcello Furtado e Carlos Alberto Panagassi

Fundada por iniciativa de João de Almeida Leite Moraes, em 1902, a Santa Casa de Araraquara tem uma história marcada por constantes desafios, luta dos administradores e profissionais para enfrentar as dificuldades e um permanente apoio e respeito da comunidade, representantes da população e órgãos ligados à Saúde.

No início de sua trajetória, funcionou em diferentes prédios do município – inicialmente à Rua Carlos Gomes entre as avenidas Feijó e Espanha -, até que Manoel Rios Garrido e Major Dario Alves de Carvalho doassem um terreno à Avenida José Bonifácio. Depois disso, a construção do prédio foi iniciada com cinco contos de réis doados por Joaquim Martins de Lara e recursos provenientes da comunidade.

Com a grande obra, inaugurada em 7 de setembro de 1909, a Santa Casa pode contar com o seu primeiro prédio próprio e dar sequência ao ideal de cumprir uma missão com dignidade e respeito.

A instituição, hoje, dispõe de tecnologia de ponta no atendimento médico-hospitalar, profissionais altamente qualificados e vem se transformando em um dos maiores hospitais do interior, eminentemente público e que abrange 25 municípios.

Só que para não abandonar seu compromisso, a Santa Casa continua enfrentando dificuldades e a cada vez mais sente necessidade de recorrer à ajuda do Poder Público, das autoridades e da população para poder continuar atendendo cerca de 85% dos pacientes que não dispõem de um plano de saúde.

Como se vê, o passado e o presente nos apresentam motivos suficientes para comemorar os 100 anos da instituição. O que certamente todos querem é que a Santa Casa ganhe fôlego para completar outros centenários e continue envolvida em seu espírito cristão e consolidando seus objetivos filantrópicos.

A dedicada Mesa Administrativa

Adilson Custódio, José Blundi Neto, Arnaldo Izique Caramuru, Jayme Aparecido Silvério, Arnaldo Smirne, Dirceu Aparecido de Carvalho, Djalma do Carmo Ferreira, Wennis Dias Macieira, Euripes Ancelmo, Oscar Sbaglia, MÁria do Carmo Mathias, Vicente Michetti, Valderico Jóe, Geraldo Cândido e Antonio Reinaldo Fiscarelli.

A gratidão

A Santa Casa de Araraquara faz 100 anos de luta e de cumprimento do ideal das Misericórdias e de todos aqueles que acreditam na força de ação do Homem.

Todos os membros da Mesa Administrativa reconhecem e agradecem o apoio dos componentes da Irmandade, a colaboração das autoridades e da população para a manutenção dos excelentes serviços de atendimento à comunidade.

O hospital do Coração

Araraquara e região podem contar com um dos mais completos serviços para atendimento na área cardiológica. Além disso, profissionais de renome internacional participam dessas atividades. Um verdadeiro motivo de orgulho.

A consolidação do projeto da Santa Casa de Araraquara, que no ano passado inaugurou o Hospital do Coração, está baseada na qualidade e garantia do atendimento, o que a tem levado a receber permanente apoio do Ministério da Saúde e Governo do Estado, com reconhecimento do desempenho da equipe médica e de sua assistência hospitalar.

Compartilhe :

No data was found
ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Ala pediátrica da UPA Valle Verde será transferida para a unidade de saúde do bairro nesta sexta (14)

Sesi Araraquara vence o Blumenau no 1º jogo das quartas de final da LBF

Após autorização do Presidente Lula, Prefeitura lança licitação da segunda fase das obras na Via Expressa

Comcriar elege conselheiros e define diretoria para o mandato de 2024 a 2026

Guerreiras viram a chave novamente para o Brasileirão

CATEGORIAS