No canal 96 da Horizon, só tristeza!

De repente, alguns conhecidos e outros nem tanto. Valderico Jóe na presidência e os secretários fazendo rodízio. São os nossos vereadores no vídeo, em mais uma sessão ordinária (sem o sentido dúbio).

Na tribuna, Nascimento com muita coragem (e falta de conhecimento jurídico) discursando contrariamente ao parecer da Procuradoria de Assistência Jurídica aos Municípios. O nobre “jurisconsulto” deseja aprovar projeto de lei dispondo sobre a obrigatoriedade de os supermercados embalarem as mercadorias. Nessa esteira, daqui a pouco, o preclaro e laborioso representante vai querer disciplinar como cada contribuinte deve fazer na hora do lazer, do trabalho, do almoço, do amor…

A pérola notável, no entanto, chegou com o vereador Bispo. Procedeu a leitura de carta assinada pelo deputado Marcelo Barbieri lamentando que tivessem usado politicamente um episódio envolvendo a sua prima, em recente ocorrência policial. (Deixamos de citar o teor da tal ocorrência porque o JA não é especializado em sangue, em fatos que registram falha humana a que todos estamos sujeitos, enfim, à violência que abunda especialmente no meio eletrônico com a finalidade de garantir audiência).

Ato contínuo, uma fila de vereadores defronte ao microfone de apartes para dar força ao agente ofendido. A cada voto de solidariedade, o quadro era pintado com cores fortes. Melhor teria sido o deputado federal, de extrema capacidade na comunicação, ter passado batido. Quem não sabia…ficou sabendo e com interrogações.

O grande final, no entanto, estava reservado ao vereador Anuar Filho, líder do PPS. Asseverou que não estava no palanque de Dimas Ramalho quando tal “ofensa” foi perpetrada. Mas, aproveitava para lamentar profundamente o uso de tal fato no âmbito político etc. e tal. Com um líder tão solidário, Dimas pode se considerar privilegiado na caminhada à Câmara Federal. Se Anuar não estava presente teria sido melhor afirmar que não podia acreditar nas informações passadas ao deputado Barbieri, certamente teria existido uma falha de comunicação…menos passar recibo. Dessa reflexão legislativa o saldo foi negativo a todos.

Houve um outro momento de elevado interesse público e que merecia ser transmitido à telinha de milhares de pessoas. Quase todos os vereadores, em fila indiana, para abraçar a vereadora Helenita Turci que estava aniversariando.

Formou-se um clima bom para o presidente Valderico encerrar a sessão sob a proteção de Deus. E que o Mestre nos inspire nas próximas eleições. Amém!

Compartilhe :

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Termina nesta quarta (19) as inscrições para o “Seminário de Enfrentamento ao Racismo Religioso e LGBTfobia nos Espaços de Matriz Africana” 

Comad realiza II Semana Municipal de Políticas sobre Drogas nos dias 24, 26 e 27 de junho

Araraquarense se voluntaria em Canoas, RS

Dia do Orgulho Autista: Grupo promove pesquisas e informação sobre Autismo

Câmara aprova regras para funcionamento de painéis luminosos de propaganda

CATEGORIAS