Nhô Pedro

Eu acho que tudo é consequência da idade. O tempo passa como fumaça e, às vezes, a gente nem percebe. Há uma morte aqui outra alí, por velhice ou por acidente, vai morrendo e a gente nem percebe. A saúde anda a desejar. Pelos preços dos remédios como pode viver uma pessoa com a miséria da aposentadoria? Os hospitais atendem mal, filas nos corredores sem nenhuma assistência. Pouco se faz pelos doentes que não podem pagar pelos remédios que lhe são receitados. Se tiver que fazer exames, coitados. Tem se feito pela saúde muita coisa, mas ainda faltam coisas mil. Pagamos nossos impostos, trabalhamos pra burro e quando vem a aposentadoria dá vontade de chorar. Os velhos de países mais adiantados, têm suas férias, seus passeios, sua grana e viajam pelo mundo numa boa. Têm serviços médicos excelentes, tudo pago pelas suas aposentadorias e ainda sobra dinheiro pras viagens internacionais. A maioria dos hospitais brasileiros vive em déficit orçamentário. Há falta de remédios, greves, remédios desperdiçados que passam do tempo e já nem servem mais. Isso se vê todos os dias na televisão. Hoje uma grande parte dos clientes prefere a medicina alternativa: os curandeiros, as bruxas e os terreiros onde há mais caridade com os doentes e as pessoas. A média de filhos de brasileiros caiu assustadoramente, acabaram-se as grandes famílias. O sexo passou a ser usado na juventude, sem sentido. A droga também traz efeitos criminosos na juventude, doenças transmissíveis e até falta de respeito pela mulher: depois de engravidar largam-na com o filho que deveria ser dos dois. A Aids, por exemplo, mata um monte de brasileiros e trouxe a volta triunfante da tuberculose, sem contar a sífilis e outras mais. A nossa segurança está muito pobre. Mas o maior crime que se comete é contra a criança. Em casa formou-se um mundo diferente com a televisão, fazendo crianças se especializarem em coisas erradas. A escola que era um lugar seguro passa hoje a ser um lugar de crimes e de drogas sem nenhuma segurança. É preciso que a Era de Aquário se manifeste logo, pondo os espíritos para comandar os homens para que tudo isso desapareça e possamos viver como antigamente. Que não demore para acontecer antes que seja tarde demais.

Compartilhe :

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Termina nesta quarta (19) as inscrições para o “Seminário de Enfrentamento ao Racismo Religioso e LGBTfobia nos Espaços de Matriz Africana” 

Comad realiza II Semana Municipal de Políticas sobre Drogas nos dias 24, 26 e 27 de junho

Araraquarense se voluntaria em Canoas, RS

Dia do Orgulho Autista: Grupo promove pesquisas e informação sobre Autismo

Câmara aprova regras para funcionamento de painéis luminosos de propaganda

CATEGORIAS