Mesa do Editor

Geraldo Polezze

Pode perguntar…a resposta é direta, sem rodeios. Telefone 239-2048, Pabx 232-1002 ou e-mail ja@bfnet.com.br

Impacto ambiental

“Como morador das imediações do Ribeirão das Cruzes desejaria saber sobre o impacto ambiental em decorrência do gigantesco prédio da Unip. É possível?”

Jurandir de O. Camargo

R. A Prefeitura Municipal deve ter exigido da Cetesb o devido laudo técnico, antes de aprovar o projeto de construção. Em todo caso, vamos procurar os detalhes técnicos.

Por que o anonimato?

“Achei interessante a coluna (se é que os leitores podem perguntar tudo o que quiserem), mas, quem dá as respostas?”

Zuleika Silva

R. O próprio nome da coluna dá a resposta, mas, para evitar entreveros, passa a ser gravado o nome do editor. Certo, caríssima?

Iptu descabido

“Parece que o pessoal do PT, historicamente, continua no lirismo de tirar do rico para dar aos pobres. Mas, quem é rico hoje? Não dá para publicar, novamente, o artigo dos advogados Miguel Tedde Netto e Arthur de Arruda Camargo?”

Clóvis M. de Azeredo

R. Efetivamente, o texto mereceu muitos comentários elogiosos, mas, publicar pela segunda vez … No entanto, vamos solicitar novo enfoque daqueles nobres causídicos.

Parabéns pela coragem

“Tenho acompanhado as notas do ex-secretário João Luiz Ultramari sobre os temas municipais e acho que tem sido um dos poucos a ter liberdade de denunciar e defender mudança de rumo da administração municipal em vários setores. Ele não tem medo de ser processado pelo prefeito Edinho Silva?”

Lázaro Maria C. Branco

R. Vamos começar pelo final, medo por quê? Se existe alguém em Araraquara especializado em denúncia e defesa de ponto-de-vista é o prefeito Edinho Silva. Portanto, o que se espera do chefe do Executivo é um debate franco e aberto, sem a muleta judiciária. Afinal, se ele não gostar de qualquer nota poderá usar o espaço que quiser para esclarecer. E, por outro lado, espera-se que, na prática, o prefeito saiba conviver com os que pensam diferentemente. Assim se fortalece a democracia, a verdadeira. Um detalhe significativo: até hoje não vimos o ex-secretário fazer ataque pessoal. Focaliza o assunto administrativo e o faz com a elegância de não atingir a honradez do agente político. Isso é altamente positivo.

A Lupo, a criança e a moça

“Sobre a polêmica campanha publicitária da Lupo que usou uma criança para levantar a saia da mulher, o Dr. Antonio Andrade Santos, na coluna ‘Psiquiatria e Psicologia’ do jornal O Imparcial, trouxe um artigo bem estruturado e termina por afirmar: A LUPO quer vender e o publicitário cuida de empurrar goela abaixo do consumidor um produto pelo qual não possa estar interessado. Como faz na política em que mostra tudo do político, mesmo o que interessa ao eleitor.

A situação do anúncio simboliza uma mãe (a moça que é modelo), um filho (a criança), num relacionamento em que aquela erotiza, seduz e excita sexualmente o filho, de modo indevido. O apelo para a sexualidade não está na cabeça de quem vê, mas de quem faz o anúncio. À saciedade: a agência de propaganda se preocupa mais com as necessidades do mercado, e menos, com a das pessoas”.

Eleutério B. Silva

R. Acho que o Dr. Antonio Andrade Santos foi gentil em apreciar, profissionalmente, um fato destacado pelo JA. E o Imparcial, de gente amiga, altamente profissional e aberto à discussão, sem a petulância de ser o todo-poderoso. Dessa forma construímos uma sociedade melhor. Se a diretoria da Fábrica de Meias Lupo quiser ter a elegância de se manifestar, o espaço está aberto.

Salário melhor aos policiais

“Queria, como pessoa ligada à segurança pública, afirmar que o último editorial do JA retrata, com fidelidade, a nossa vivência: temos muito ideal, mas, pouco dinheiro. No entretanto, fazemos o que é possível e, diariamente, estamos com o peito aberto aos marginais na defesa da sociedade”.

JCV

R. A Vera Botta que retorna, depois de curtir momento carinhoso para o seu coração de guerreira, também comenta o aspecto salarial. Não adianta palavras: o policial precisa de tranqüilidade econômica para lutar. O resto é balela.

Compartilhe :

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Termina nesta quarta (19) as inscrições para o “Seminário de Enfrentamento ao Racismo Religioso e LGBTfobia nos Espaços de Matriz Africana” 

Comad realiza II Semana Municipal de Políticas sobre Drogas nos dias 24, 26 e 27 de junho

Araraquarense se voluntaria em Canoas, RS

Dia do Orgulho Autista: Grupo promove pesquisas e informação sobre Autismo

Câmara aprova regras para funcionamento de painéis luminosos de propaganda

CATEGORIAS