GEPOL

0
679
No Escritório Benê

PROTAGONISTA DA HISTÓRIA

Benedito Salvador (Benê), quem não o conhece? Dono do Escritório Benê de Contabilidade conta sua história de vida, que é exemplo para muitos.

“Tive muita sorte, a sorte de ter nascido pobre, o quarto irmão de uma família de 09 (nove). Meu pai, com muito orgulho, foi ferroviário e minha mãe, cuidadora da casa. Por conta disso, eu e todos os meus irmãos começamos a trabalhar muito cedo. Meu primeiro emprego foi na alfaiataria do Sr. Julião Pereira, aqui na Rua Padre Duarte, nº 1.108; depois no Lar Nosso Ninho, na função de Captação financeira de novos doadores; na Farmácia Brasil do Sr. Bueno, e, a partir de 1.968, com 11 anos, no Escritório São Paulo de Contabilidade até 1.986, quando nasceu o Escritório Benê de Contabilidade.

Trabalhar no Escritório São Paulo, na companhia do Sr. Lourival Letício, Waldimir Manoel Albino (Maneco) e José Marcos Duó, foi um verdadeiro privilégio: pessoas honestas, inteligentes e preocupadas com o próximo. Deram-me a oportunidade do conhecimento, da ética e de desenvolver o resto da infância que me sobrava, adolescência e a maturidade profissional que proporcionou o nascimento do ESCRITÓRIO BENÊ DE CONTABILIDADE, quando já era Contador e Advogado.

A bem da verdade, o Escritório nasceu de uma interrupção de sonhos. Existia em mim o sonho de ser um grande piloto de motocicleta, desde a mais tenra idade, e, mesmo trabalhando na contabilidade durante os anos de 1.971 a 1.974, fui o mais jovem companheiro de Evaldo Salerno, José da Penha Moreira, Olimpio Bernardes Ferreira Neto, Eduardo Luzia, Celso “Faito” Martinez, José Manoel Sampaio (Pinho). Todos eles, que na companhia de Victorinho Barbugli e Emanuel Toledo Lima (Manolo), foram verdadeiros mitos do motociclismo de Araraquara, com influência e participação no Brasil inteiro. No final de 1.974, um acidente grave me fez abandonar a velocidade e me dedicar por completo ao trabalho e ao empreendimento. Em 1.986, trabalhar por conta própria virou uma realidade.

Nasceu, então, um Escritório novo, nem melhor, nem pior, só diferente, promovendo jovens, ideias, conceitos, liberdade, disciplinas, e um olhar para o novo.
Este novo olhar fez uma empresa que hoje emprega em torno de 120 pessoas, de todas as idades, aprendizes, seniores, plenos e acadêmicos. Com planos de novos voos, atuando em segmentos complementares, seja na área do direito, na área condominial, rural e imobiliária.

Se você perguntar sobre a paixão da motocicleta, não há como negar. Isso está impregnado na alma, não tem como tirar aquele menino que mora dentro de um ex-piloto, mas irmãos, casamento, filhos, amigos, colaboradores e clientes/parceiros, locupletam o empreendedor que existe em todos nós.”

Luigi Polezze

REABERTURA DO PARQUE DO BASALTO.

O local é um pedacinho selvagem dentro da cidade. É curtir a natureza sem precisar sair de Araraquara. Ou seja, um verdadeiro oásis, que Araraquara volta a ter à disposição de moradores e visitantes.
Vários foram os comentários a respeito de sua reabertura. Alguns comentários deixados em nossas redes sociais:

Jorge Palhares
“Lugar bem cuidado natureza e principalmente os bichos são preservados e respeitados. Um santuário natural”

Célia Regina da Silva
“Era sítio de meu Avô. Meu pai nasceu aí. Tempo bom.”

HOTEL SÃO BENTO

O descaso do poder público por dezenas de prédios abandonados em Araraquara é notório. Trouxemos o Hotel São Bento na edição passada. Leiam alguns comentários deixados por leitores:

Leandro Oliveira
“Hotel São Bento, muitas histórias. Quando morava em São Paulo, todo Natal e Ano Novo, a família toda vinha pra Araraquara passar final de ano no Hotel. Meu Deus, que saudade grande de Leandro, recepcionista do hotel, gostava tanto que não queria ir embora. Uma pena estar se acabando.”

Carlos Cristina
“É muito triste ver tudo se acabando em ruínas. Abre os olhos Araraquara. A cidade parou no tempo. Isso é um dos milhares que tem na cidade…absurdo.”

MUITO BOM

O mesmo tratamento recebido nas Ruas Nove de Julho e São Bento, retirando as valetas profundas dos cruzamentos está sendo feito na Alameda Paulista na Vila Xavier.

As coisas boas precisam ser divulgadas.
Essa era grande reclamação da população, mas esse pedido está sendo atendido. Muito bom.

TEATRO MUNICIPAL

O entorno do Teatro Municipal está passando por tratamento VIP. Segundo Assessoria De Imprensa do Executivo: “Está sendo feita a recuperação do piso em pedra portuguesa”.

Quem nos acompanhou até aqui tenha um excelente final de semana e até a próxima, se Deus assim o permitir.

Deixe uma resposta