Flagrante

g.polezze

Nascimento detona

O vereador Carlos Nascimento, via imprensa, andou detonando a atual diretoria do Sindicato dos Trabalhadores em Indústrias Têxteis. Aliás, no passado, Nascimento foi trabalhador da Fábrica de Meias Lupo e foi investido na função de presidente desse sindicato. Deu-lhe a projeção indispensável para reivindicar um mandato popular. Deu certo, mas, seus eleitores gostariam de saber os fatos reais que alimentam a briga sindical. Por que anda detonando seus companheiros sindicalistas?

Agora é o Danilo Miranda

O dedicado e competente Danilo Santos de Miranda era assessor do Papinha (José Papa Jr. que foi um grande amigo de Araraquara, pessoa acessível e inteligente, quando Mário Marques da Silva era presidente do SCVA, o qual foi sucedido pelo empresário Oliem Biancardi. Naquele tempo, cujo prefeito era Rubens Cruz, foi doada área de terra e construído o prédio amplo do Senac, dirigido com extrema competência pelo Prof. Luiz Silveira. O Senac, embora cobrando por todos os cursos realizados com a finalidade de aprimorar a mão-de-obra para o comércio, como parte do Sistema “S”, também é alimentando pelo 1% de todos os empresários), e hoje exerce a função de diretor regional do Sesc no Estado de São Paulo.

Título de Ribeirão Preto

O diretor regional do Sesc, Prof. Danilo Miranda, nesta semana, recebeu o título de Cidadão Ribeirãopretano.

Pode escrever, daqui a pouco será apresentado projeto de decreto legislativo para concessão da mesma honraria em Araraquara, São Carlos, Bertioga, enfim, onde tiver um organismo do Sesc. Um fenômeno interessante… de repente, os municípios sentem-se motivados e coincidentemente outorgam o título. Todos ao mesmo tempo como se estivessem atendendo a pedidos.

A foto do cidadão

O sempre dedicado, leal e fraternal Ivo Dall’Acqua, ladeado pelo Danilo Santos de Miranda e Sérgio Lago (ex-gerente do Sesc de Araraquara). O trabalho do Ivo, embora como ex-empresário, é emocionante. Tomara que o título de cidadania de Araraquara, no entanto, demore pelo menos alguns meses. Em seguida, isto é, logo depois de Ribeirão Preto, fica esquisito e o homenageado pode se sentir constrangido.

Calcadão da Rua 2

O Arquiteto Lincoln Ferri Amaral e a reportagem do JA brincaram de esconde-esconde. O filho do ex-radialista Nildson Leite do Amaral deseja falar sobre o projeto do calçadão e nós queremos ouvi-lo.

Quem tem sugestão?

Esta é a caixa postal do Palmeiras Esporte Clube, o Palmeirinha da Vila Xavier que enfrenta problema financeiro.

A coisa está feia e quem tiver uma sugestão, por favor…

A venda do campo de futebol será um crime contra os jovens. Daqui a 30 anos, onde teremos uma área como a do Palmeiras? Outro detalhe: e a história da Vila, como fica? Sabe quem emprestou o dinheiro para a compra daquela área? Sabe por que o nome do Estádio é Rubens Cruz? Sabe quem era o presidente na época da transação? Então, o Palmeiras deveria merecer um destino mais alentador, lindo e exemplar.

Compartilhe :

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Solenidade nesta terça (25) marca assinatura da Ordem de Serviço para reforma do CMSC do Jardim Paulistano

Boletim Diário número 81 – de 24 de junho de 2024

Edinho assina Ordem de Serviço para reforma da UBS do Santana

Ordem de Serviço para reforma do CMSC do Selmi Dei é assinada

Trajetória de Waldemar Saffioti é tema do programa História Viva de junho

CATEGORIAS