Férias: brincar longe das telas é essencial para as crianças

0
147

Confira dicas de brincadeiras que fortalecem a criatividade e a imaginação

O período de férias é marcado por um calor intenso e algumas vezes também por uma falta de rotina e horas livres para que as crianças e adolescentes possam brincar e se conectar com os familiares. Entre as grandes questões que cercam os pais e responsáveis, está o uso contínuo das telas e celulares. Como é possível gerenciar o tempo e permitir que os filhos  brinquem  livremente e evitem o uso excessivo dos eletrônicos?

Presente no cotidiano infantil, o uso excessivo das telas é motivo de debate constante entre familiares, responsáveis e especialistas sobre o tema.  “A gente sabe que inserir esses equipamentos é uma realidade na sociedade, porém o uso desenfreado, que muitas vezes é permitido nas férias, pode impactar a criatividade, além de gerar falta de socialização e transtornos de ansiedade, por exemplo”, revela a professora Viviane Anita Kunst, do Marista Escola Social Curitiba.

O brincar livre

No contraponto do uso das telas, os especialistas alertam que o brincar livre deve ser incentivado, e nada melhor do que as férias para que os pais e responsáveis criem uma rotina de valorização do brincar. “O ato da brincadeira desenvolve a criatividade, permite que a criança tenha liberdade para suas construções e expressões, promove interações entre eles, estimula o raciocínio lógico e o levantamento de hipóteses no mundo do faz de conta. A autonomia do brincar é muito necessária nesse mundo” revela Karina Tenorio de Lima.

As educadoras dão dicas de brincadeiras que podem ser feitas nas férias para evitar o uso excessivo de telas:

Circuito olímpico em casa

Faltando pouco tempo das Olimpíadas de Paris 2024, que tal montar brincadeiras que sejam semelhantes a um circuito de competição? Vale utilizar cordas, almofadas, travesseiros e materiais que tenham em casa, depois é só juntar as crianças e partir para a brincadeira.

Utilizar livros em dias de chuva

Em boa parte do país o feriado promete ser bem chuvoso, portanto, a inserção de livros em brincadeiras que possam ser feitas dentro de casa é uma ótima maneira de evitar o uso das telas. Vale momentos de contação de histórias, mímicas, e adivinhações sobre os livros e os seus personagens.

Cozinhar também é brincar

Outro recurso que pode ser utilizado em casa é levar a brincadeira para a cozinha, com todos os cuidados com o fogão e utilizando objetos adequados para a idade das crianças. É possível fazer bolachas caseiras, pães e bolos e sucos divertidos e coloridos, tudo isso pode virar guloseimas e gerar ótimas recordações.

Brincadeiras tradicionais

O simples também funciona muito, por isso, as brincadeiras que passam de pai para filho como esconde-esconde, lenço-atrás e atividades com bexigas são ótimas opções. Além da diversão, é um ótimo momento de apresentar a brincadeira favorita da infância dos pais e responsáveis para as crianças.

Use materiais recicláveis

As caixas de leite, ovos e demais itens que iam direto para a lixeira podem virar construções sobre a mesa. Aqui vale utilizar toda a imaginação em busca de recuperar os itens e transformar em brinquedos. Aproveite para inserir pincéis e tintas para estimular ainda mais a criatividade dos pequenos.

(Assessoria de imprensa do Marista Escolas Sociais – Página 1 Comunicação)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.