Cardápios físicos obrigatórios

0
2511

Luigi Polezze

Recentemente, a Câmara aprovou um projeto de lei proposto pelo vereador Guilherme Bianco (PCdoB) que tornará obrigatória a disponibilização de cardápios físicos atualizados em estabelecimentos de comida. No entanto, a medida encontrou opiniões divergentes.

Segundo o vereador, a motivação para a proposta é garantir que todos os consumidores tenham acesso às opções do cardápio, independentemente do acesso a dispositivos eletrônicos, como smartphones. Além disso, a lei visa atender às preferências de pessoas mais idosas e aquelas que simplesmente preferem o cardápio físico.

Todavia, o projeto de lei não aborda a inclusão de cardápios em braile para deficientes visuais ou a possibilidade de utilizar cardápios ditados por meio de tecnologia. Além disso, a acessibilidade nos estabelecimentos não foi abordada de forma abrangente.

O JA buscou a opinião tanto de comerciantes quanto de consumidores sobre o assunto.

Juninho, proprietário do estabelecimento “Pizza do Zeca,” ressaltou que, antes de se preocupar com os cardápios, a prioridade deveria ser a acessibilidade física para deficientes, incluindo a instalação de rampas e a disponibilização de cardápios em braile.

Erik, dono do estabelecimento “Duckbill Cookies,” vê a proposta como uma tentativa infrutífera de resistir ao progresso inevitável. Ele acredita que, mesmo com a lei aprovada, a fiscalização será difícil e que a era do papel não consegue mais acompanhar a velocidade atual dos negócios. Cardápios digitais permitem economizar e atender melhor os clientes com informações sempre atualizadas.

Luiz Fernando, um consumidor, considera que a discussão sobre cardápios não é tão relevante. Ele acredita que a presença de um acompanhante capaz de usar cardápios digitais resolveria a situação. Se um estabelecimento não for do seu agrado, ele simplesmente deixaria de frequentá-lo.

Por outro lado, Cristiane, outra consumidora, apoia a nova política. Ela enfrenta problemas com seu celular, que muitas vezes não é capaz de ler os QR codes. Além disso, para ela, os cardápios digitais costumam ter letras muito pequenas, enquanto os cardápios físicos não apresentam esse problema.

E você, leitor, o que prefere?

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.