“Canal Direto com a Prefeitura” aborda a alimentação saudável na primeira infância

0
264
Foto: Pedro Junqueira - Fernanda Nascimento participou do Canal Direto com a Prefeitura.
Fernanda Nascimento, gerente de Abastecimento e Alimentação Escolar, falou sobre o trabalho de nutrição realizado nas unidades escolares de Araraquara
 

No último domingo, 31 de março, foi comemorado o Dia da Saúde e da Nutrição, enquanto no próximo sábado (6) será celebrado o Dia Nacional de Mobilização pela Promoção da Saúde e Qualidade de Vida. Em Araraquara, as duas datas se interligam, já que a alimentação saudável como qualidade de vida é aplicada desde a primeira idade nas escolas do Município. Para falar sobre o tema, o programa “Canal Direto com a Prefeitura” convidou a gerente de Abastecimento e Alimentação Escolar, Fernanda Nascimento.

Fernanda frisou que a alimentação saudável começa com a escolha dos alimentos. “Se você estiver bem nutrido, consequentemente vem a saúde e a qualidade de vida, que está atrelada também à saúde mental. Uma alimentação saudável vai levar a um corpo são e uma mente sã”, comentou.

Ela contou que as unidades escolares mantidas pela Prefeitura oferecem uma alimentação totalmente balanceada para seus alunos. “Hoje seguimos a legislação do Programa Nacional de Alimentação Escolar, que neste ano completa 69 anos e fornece todas as leis e diretrizes para fazermos o cardápio. Hoje, 75% do nosso cardápio é de alimentos in natura ou minimamente processados. Consequentemente, é uma alimentação muito saudável, com comida de verdade, e cerca de 25% que podemos colocar alimentos processados e ultraprocessados bem esporadicamente. Temos arroz, feijão, carnes, trabalhamos com proteína de alto valor biológico, como carne vermelha, carne branca e peixes. Nossas crianças têm uma gama muito diversificada de frutas, verduras e legumes, e trabalhamos com a agricultura familiar para fomentar a agricultura da região. Tudo isso traz um alimento de qualidade para a alimentação escolar” explicou.

Fernanda também mencionou os alimentos que são proibidos nas unidades escolares. “Não podemos comprar alimentos de baixo valor nutricional, bebidas como refrigerantes, aquele pó de constituição de sucos ou qualquer outra gelatina que não tenha valor nutricional. Não podemos adquirir biscoitos recheados ou alimentos com alto índice de açúcar. Hoje a própria lei já proíbe, não é a nutricionista. Seguimos a legislação que não podemos ter esses alimentos. As crianças até comem fora da escola, mas dentro do âmbito escolar é proibido”, apontou.

A gerente de Abastecimento e Alimentação Escolar destaca que a boa alimentação deve se tornar um hábito. “Não é o hambúrguer no fim de semana ou a pizza esporádica que causa problema, mas sim o que você faz todos os dias. O ideal é fazer a compra adequada e não ter o acesso a uma guloseima calórica, evitar ter isso no acesso rápido, para construir o hábito. Faça uma compra bacana no mercado ou no restaurante. É importante evitar frituras, preferir grelhados, escolher legumes, e assim fazer com que se crie hábitos saudáveis. E quando se trata de ter crianças em casa, elas copiam os hábitos alimentares da família, por isso é muito importante ter esse hábito saudável dentro de casa. E na escola desenvolvemos esse trabalho, que deve ser trazido tanto de casa para a escola, quanto da escola para casa”, pontuou.

Ela revelou que a introdução alimentar saudável é implantada desde os seis meses de idade nas unidades educacionais do Município. “A lei proíbe também o açúcar até os três anos de idade, então estamos excluindo o açúcar da alimentação das nossas crianças. E travamos uma batalha porque tem a mídia com os comerciais bem atrativos para alimentos não tão saudáveis, mas nós não desistimos e trabalhamos com uma alimentação para criar os hábitos desde a infância para ser um adulto saudável”, acrescentou.

Fernanda contradiz a teoria de que quanto mais saudável o alimento, mais caro ele é. “Temos visto que um problema é o tempo para se preparar o alimento. Hoje você compra um pé de alface, legumes, carne, sai mais barato e não precisa comprar peixes nobres, salmão ou algo do tipo. Você consegue fazer uma alimentação saudável, mas hoje não temos muito tempo, o que faz com que façamos algumas escolhas equivocadas e consequentemente caímos no consumo errado de alimentos”, concluiu.

 
Ao vivo

O “Canal Direto com a Prefeitura” vai ao ar de segunda a quinta-feira, às 12h30, ao vivo na página da Prefeitura no Instagram. A íntegra dos programas fica disponível para visualização no próprio Instagram, no Facebook e em outras plataformas digitais, incluindo o formato de podcasts.
SECRETARIA MUNICIPAL DE COMUNICAÇÃO
PREFEITURA DE ARARAQUARA

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.