Araraquara é representada no “Laboratório Direitos Humanos” no Sesc São Carlos

0
183

Gestores da Secretaria de Direitos Humanos e Participação Popular apresentaram ações desenvolvidas na cidade

A Prefeitura de Araraquara, por meio da Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Participação Popular, esteve representada nesta terça-feira (12), no Sesc São Carlos no bate-papo “Laboratório Direitos Humanos”, que integrou a programação “Direitos humanos para todas as pessoas: da palavra ao movimento”, realizada pelo Sesc São Paulo, entre os dias 7 e 17 de março. Participaram do evento o assessor de Políticas para a Juventude, Igor Emídio; a gerente do Centro de Referência da Mulher “Professora Doutora Heleieth Saffioti”, Laís de Conti; e o assessor de Políticas LGBTQIA+, Lucas Dias.

Araraquara também foi representada por José Lopes, do Conselho Tutelar, Flávio Rodrigues, da Horta Comunitária do Vale Verde, e Guilherme Pegler.

Em uma parceria entre as unidades do Sesc de São Carlos, Araraquara, Rio Preto e Catanduva, o encontro reuniu instituições que trabalham com Direitos Humanos, conduzido pelos profissionais Eleilson Leite (coordenador da ONG Ação Educativa) e Ângela Schwengber (relatoria). A atividade foi direcionada para lideranças, coletivos, movimentos sociais, instituições, parceiros e rede socioassistencial.

Igor Emídio valorizou a troca de experiências proporcionada pelo encontro. “É importante salientar que Araraquara vem se destacando como referência em políticas públicas nos últimos anos. No entanto, isso não nos confere o título de detentores da fórmula. A troca de experiências e a criação de uma rede de apoio com outras cidades da nossa região são fundamentais para fortalecer esses laços e promover a aplicação de políticas que foram bem-sucedidas em outros lugares, aqui em Araraquara”, comentou.

Lucas Dias também enalteceu o conteúdo abordado. “Foi um evento muito interessante, principalmente para buscarmos as origens das políticas dos direitos humanos, baseando-se na Declaração Universal dos Direitos Humanos. Além disso, foi muito importante para dialogarmos com as cidades da região e criarmos uma rede de fortalecimento das políticas de direitos humanos”, avaliou.

Laís de Conti também avaliou a participação. “Foi muito importante participar deste evento. Foi agregador estar com pessoas de outros municípios dialogando sobre direitos humanos e as políticas públicas implementadas a partir desta perspectiva, e estabelecer pontes com a região para discutir os direitos humanos fundamentais no que tange a política pública para mulheres e também refletir quais caminhos precisamos trilhar para que de fato as pessoas tenham seus direitos assegurados”, ressaltou.

A programação “Direitos humanos para todas as pessoas: da palavra ao movimento” aborda temas como a vulnerabilidade da população em situação de rua, a realidade de imigrantes e refugiados e as diferentes lutas pela concretização de direitos sociais.

SECRETARIA MUNICIPAL DE COMUNICAÇÃO
PREFEITURA DE ARARAQUARA

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.