Ameriliense manda no orçamento

A prefeitura de Américo Brasiliense realiza reunião do Orçamento participativo (OP) com os bairros.

A participação da comunidade é bastante produtiva, disse Cleide Berti Ginato. “Esta é a forma de fazermos uma administração democrática. Temos que visitar os bairros para ouvir sugestões do povo. As opiniões são importantes para uma administração transparente e voltada para o interesse da comunidade”, declara a prefeita reeleita com méritos.

Para o vice-prefeito Divaldo de Camargo Pereira “o orçamento participativo permite o cara-a-cara com a população para saber as reais necessidades. Isto é governar democraticamente”.

Síntese

Após ouvir a população, entidades e conselhos municipais, a comissão do OP irá juntar as prioridades e realizará nova reunião com a comunidade para o documento final.

As últimas reuniões acontecerão nesta 2ª feira (03), às 19h30, na EMEI “Américo Roncalli”, abrangendo os bairros Jardim São José e Jardim Santa Terezinha. Na terça-feira, às 19h30, no Clube Doçura, para as entidades assistenciais e conselhos municipais.

Campanha

Em reunião realizada na 3ª Companhia de Polícia Militar entre vereadores, Capitão Humberto Gouvea Figueiredo e Tenente Luís Roberto Moreira foi discutida a segurança em Américo Brasiliense.

O comandante Figueiredo abordou a estrutura de PM na região. Para os vereadores, uma das dificuldades diz respeito à quantidade de viaturas e o pequeno efetivo.

Outra preocupação dos edis é com relação ao sistema de comunicação da polícia, por rádio ou pelo disque 190. Essas necessidades emergênciais têm preocupado os vereadores que, em breve, agendarão visita com a Secretaria de Segurança Publica do Estado.

Violência

Segundo Figueiredo, há outras formas de se amenizar a violência. O trabalho diz respeito à campanha educativa voltada para o fechamento de bares em determinado horário. Com relação ao efetivo, o Comandante foi tachativo: “esperamos, com a formação de novos soldados em 15 meses, possamos reforçar o efetivo policial em nossa região, principalmente em Américo”.

A curto-prazo Figueiredo declarou que “com a vinda da FAO – Força de Apoio Ostensivo – diminua o índice de violência na cidade”.

Enigma

Neste domingo (2), o grupo de dança de rua de Américo, Enigma, estará representando a região na fase final do Mapa Cultural Paulista. O evento acontece no teatro São Pedro, na Capital e estarão presentes 18 grupos de todo o Estado.

Na fase regional, realizada no ano passado em Itápolis, a coreografia “Vida urbana” foi selecionada em primeiro lugar. Misturando ritmos brasileiros – como samba, funk carioca e outros – Enigma levou para o palco toda a sensibilidade cênica do povo presente em qualquer canto do nosso Brasil.

Compartilhe :

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Santa Casa divulga balanço referente ao Programa Saúde Cidadã

Confira as feiras de artesãos e empreendedores do final de semana (28, 29 e 30 de junho)

Choro das Águas: banda Tapa na Pantera homenageia Raul Seixas neste domingo (30)

Serviço de oftalmologia da Santa Casa finaliza mutirão de exames de refração

Dia Nacional do Diabetes – 26 de junho

CATEGORIAS