Aluna de Enfermagem desenvolve instrumento de coleta de dados no Programa de Assistência Domiciliar

0
104

Projeto de Nayara Gomes foi desenvolvido em seu estágio no SESA

Em seu estágio no Serviço Especial de Saúde de Araraquara – SESA, a aluna do curso de Enfermagem da Universidade de Araraquara – Uniara, Nayara Gomes, desenvolveu o projeto de intervenção “Instrumento de Coleta de Dados no Programa de Assistência Domiciliar (PAD): uma contribuição para a Sistematização da Assistência de Enfermagem (SAE)”, supervisionada e orientada pela professora da graduação e enfermeira do SESA, Ângela Aparecida Costa, e pela também enfermeira do Serviço, Marisa Marques Monteiro, responsável pelos Programas do PAD e de DST/AIDS/Hepatites Virais.

“O projeto foi realizado no intuito de ajudar e facilitar a assistência que prestamos. É um instrumento que contém as perguntas que geralmente são feitas quando realizamos a coleta de dados e vamos prestar assistência. Como o objetivo é ser eficaz e facilitador, esse instrumento contém o mínimo de duas páginas. Começa com a coleta de dados e termina com os diagnósticos mais frequentes do programa”, explica Gomes.

Ela destaca que “construir um instrumento de assistência de enfermagem que possa potencializar a capacidade de percepção do profissional para a detecção e resolução dos problemas de forma sistematizada, além de possibilitar, por meio dele, a elaboração de planos de cuidados, possibilitou contribuir para uma assistência qualificada para a equipe de enfermagem, mas sobretudo, para os pacientes”.

Costa, por sua vez, comenta que “esse projeto que a Nayara desenvolveu foi muito bom, e acabou servindo de ‘start’ para um instrumento de coleta de dados da sessão técnica de enfermagem como um todo”. “As instituições precisam ter instrumentos de coleta de dados, e o SESA, como é uma unidade de atenção básica e especializada em saúde, tem uma diversidade de atuações por meio dos programas e protocolos implantados pelo Ministério da Saúde e pela Secretaria Estadual de Saúde”, relata a docente.

Trata-se de um leque muito grande de diversidades, de acordo com ela, “e é preciso ter um instrumento para coletar as informações dos pacientes que chegam a esses diversos programas, para que possamos planejar, organizar, implementar e assistir esse paciente, prestando cuidados diretos e orientações a eles e a seus familiares”.

A professora aproveita para mencionar que o PAD é um programa desenvolvido no intuito de prestar assistência domiciliar a pacientes acamados ou não “que, pela própria senilidade, são impedidos de receberem assistências de enfermagem e médica, vindo até a unidade de saúde”. “Nesse sentido, a equipe de enfermagem e o médico se deslocam até suas casas, ressaltando que são pacientes às vezes hígidos, que gozam de boa saúde, mas moram sozinhos e não têm a possibilidade de chegarem até a unidade de saúde”, esclarece.

A formação de um profissional para o mercado de trabalho, em especial o enfermeiro, não pode somente ser marcada pela teoria, segundo Costa. “É preciso que o aluno conheça seus espaços de atuação, e isso é possível por meio dos estágios supervisionados, tanto na área de saúde coletiva – no meu caso, sou uma das docentes responsáveis por esse cenário de aprendizado -, quanto nos espaços de aprendizados nas unidades hospitalares”, aponta a professora.

Ela coloca também que a graduação de Enfermagem estabelece, no seu plano de curso, disciplinas gerais e específicas que visam à formação do profissional, sendo que, nos dois últimos semestres do curso, os estudantes colocam todo esse conhecimento em prática. “E o curso da Uniara oferece esse contato do aluno com os campos de prática desde o segundo ano e, no quarto ano, ele deve agregar todo o conhecimento teórico e prático e desenvolvê-lo nesses cenários citados”, finaliza.

Informações sobre o curso de Enfermagem da Uniara podem ser obtidas no endereço www.uniara.com.br ou pelo telefone 0800 55 65 88. (Assessoria de Imprensa – [email protected])

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.