Teste o seu Português nº 287

Terezinha Bellote Chaman (*)

"Não espere pelo juízo final. Ele ocorre diariamente".

Ler sempre foi um grande prazer para mim. Mas existem ocasiões em que o prazer torna-se uma paixão. Isto ocorre todas as vezes em que leio alguns "monstros sagrados", como por exemplo, Charles Chaplin. Quem não o conhece? É um prazer reproduzir um de seus textos.

A vida me ensinou…

Dizer adeus às pessoas que amo,

Sem tirá-las do meu coração;

Sorrir às pessoas que não gostam de mim,

Para mostrar-lhes que sou diferente do que elas pensam;

Fazer de conta que tudo está bem, quando isso não é verdade,

Para que eu possa acreditar que tudo vai mudar;

Calar-me para ouvir;

Aprender com meus erros.

Afinal, eu posso ser sempre melhor.

Lutar contra as injustiças;

Sorrir quando o que mais desejo é gritar todas as minhas dores para o mundo,

Ser forte, quando os que amo estão com problemas;

Ser carinhoso com todos que precisam do meu carinho;

Ouvir todos que só precisam desabafar;

Amar aos que me machucam ou querem fazer de mim depósito de suas frustrações e desafetos;

Perdoar incondicionalmente,

Pois já precisei desse perdão;

Amar incondicionalmente,

Pois também preciso desse amor;

Alegrar a quem precisa;

Pedir perdão;

Sonhar acordado;

Acordar para a realidade (sempre que fosse necessário);

Aproveitar cada instante de felicidade;

Chorar de saudade, sem vergonha de demonstrar;

Me ensinou ter olhos para “ver e ouvir estrelas”, embora nem sempre consiga entendê-las;

Ver o encanto do pôr-do-sol;

Sentir a dor do adeus e do que se acaba, sempre lutando para preservar tudo o que é importante para a felicidade do meu ser;

Abrir minhas janelas para o amor;

Não temer o futuro;

Me ensinou e está me ensinando: aproveitar o presente, como um presente que da vida recebi e usá-lo como um diamante que eu mesmo tenha que lapidar, dando-lhe forma da maneira que eu escolher.

Obs.: na coluna da semana passada, onde se lê: A algum tempo, tive o prazer de conversar, na praia de Itapuã, Salvador/BA, com Juca Chaves. LEIA-SE: Há algum tempo…

Teste o seu Português

01 O baile de 15 anos é a _________, o __________ da mulher na sociedade.

a ( ) iniciação noviciado;

b ( ) iniciassão noviciato;

c ( ) inissiação novissiado;

d ( ) inisiasão novissiato.

02 Sua ideia é ____________, merece nota ____.

a ( ) maguinífica – deis;

b ( ) maignífica – deiz;

c ( ) magnífica – dez.

03 Qual o plural correto da palavra qualquer?

a ( ) qualqueres;

b ( ) quaisquer;

c ( ) qualquers;

d ( ) quaisqueres.

04 As folhas de _________ _________ com o calor.

a ( ) ascelga muxaram;

b ( ) asselga murxaram;

c ( ) aselga mucharam;

d ( ) acelga murcharam.

05 Não coma esse queijo. Ele está com sabor __________.

a ( ) rançozo;

b ( ) rançoso;

c ( ) ransozo;

d ( ) ransoso.

06 Que palavra devo utilizar: sirena ou sirene?

A _________ da escola avisa a hora do intervalo.

07 Você pode me dar o endereço de sua __________?

a ( ) manicure;

b ( ) manicuro;

c ( ) manicura;

d ( ) manicuri.

08 Estamos preocupados com a __________ de nossos funcionários.

a ( ) igides;

b ( ) higides;

c ( ) hijidez;

d ( ) hijides;

e ( ) higidez.

09 A ______ está feia. A _______ está preta.

a ( ) coiza;

b ( ) couza;

c ( ) coisa;

d ( ) cousa.

10 Vou colocar todo o __________ em um _______.

a ( ) farinácio pireques;

b ( ) farináceo pirex;

c ( ) farináseo pirequiz.

(*) Professora de Língua Portuguesa, com especialização em Linguística de Texto UNESP Araraquara. Mestre em Comunicação pela UNESP de Bauru – SP, Doutoranda em Serviço Social pela UNESP de Franca SP, Jornalista e produtora do quadro "Teste o seu Português", Programa Mestre-Cuca durante 14 anos na ex-Rede Mulher de TV e posteriormente CNT Central Nacional de Televisão. Até agosto /2012, no programa Delícias do "Chef", na TV Gazeta.

Respostas

Resp 1.: a O baile de 15 anos é a iniciação, o noviciado da mulher na sociedade.

Iniciação (= começo, início).

Noviciado (= aprendizagem, preparo).

Resp 2.: c Sua ideia é magnífica, merece nota dez.

Magnífica (= maravilhosa, esplêndida).

Resp 3.: b O plural correto da palavra qualquer é quaisquer.

Qualquer (= pronome indefinido, usado para se referir, indeterminadamente, à pessoa ou coisa).

Ex.: Quaisquer temperos não servem! Têm de ser de qualidade.

Resp 4.: d As folhas de acelga murcharam com o calor.

Acelga (= hortaliça de folhas enrugadas, ovais e compridas. Folhas externas verde-escuras e folhas internas verde-claras; couve chinesa).

Murchar (= perder o viço, o frescor).

Resp 5.: b Não coma esse queijo. Ele está com sabor rançoso.

Rançoso (= que tem cheiro forte e sabor acre).

Resp 6.: A sirene / sirena da escola avisa a hora do intervalo.

Ambas as formas estão corretas. A mais frequente é sirene, forma fiel à original francesa, sirene.

A forma sirena é aportuguesada.

Resp 7.: a c Você pode me dar o endereço de sua manicure / manicura?

Obs.: As formas manicura e manicuro são pouco usadas.

Manicuro (= forma masculina de manicura).

Manicure (= forma de masculino e feminino) quem cuida das unhas das pessoas.

Resp 8.: e Estamos preocupados com a higidez de nossos funcionários.

Higidez (= saúde, bem-estar).

Resp 9.: c d A coisa / cousa está feia. A coisa / cousa está preta.

Coisa / cousa (= termo genérico para indicar uma entidade material ou ideal, concreta ou abstrata). Cousa, menos utilizado.

Resp 10.: b Vou colocar todo o farináceo em um pirex.

Farináceo (= que contém farinha).

Pirex (= utensílio de cozinha feito com vidro muito resistente a altas temperaturas). Pirex do inglês pyrex.

OBS.: Colunista semanal dos jornais Diário do Grande ABC (SP)~e Jornal de Araraquara (SP), Jornal Independente Dois Córregos (SP), Tribuna do Norte Natal (RN), Jornal de Nova Odessa (SP), Diário da Franca Franca (SP) e Diário de Sorocaba Sorocaba (SP) Jornal de Itatiba Itatiba (SP) O Liberal Regional Araçatuba (SP) Diário da Serra Tangara da Serra (MT) Gazeta Penhense Penha/SP Gazeta do Ipiranga/SP.

Compartilhe :

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

20 de Julho – Dia Internacional da Amizade: ter amigos aumenta expectativa de vida

Novos livros estão disponíveis na Biblioteca Mário de Andrade

Feiras de artesãos e empreendedores movimentam o final de semana (20 e 21 de julho)

O setor de serviços na Reforma Tributária

Rota de Colisão

CATEGORIAS