Parque Industrial de Gavião Peixoto

Betinho (*)

A proposta de plano Diretor para Gavião Peixoto prevê a instalação de Parque Industrial às margens da Rodovia José Cutrale, vicinal Gavião – Matão.

Este tem sido o ponto de discordância levantado em duas audiências públicas realizadas na Câmara Municipal. A prefeitura defende que o Parque Industrial fique na Rodovia José Cutrale e parrte da população e nós, enquanto vereadores, que o mesmo deve ser implantado na Rodovia Nelson Barbieri.

Conforme também apontam os estudos feitos pela Prefeitura, a melhor opção de crescimento urbano residencial é na zona norte da cidade, justamente às margens da Rodovia José Cutrale (onde está previsto o Parque Industrial).

Nós entendemos que a prefeitura está errada quando afirma ser a via José Cutrale o melhor local para a zona industrial. Primeiro porque se o crescimento urbano está unicamente possibilitado na zona norte (José Cutrale), dadas às restrições ambientais, geológicas e econômicas de o crescimento se dar em outro local, seria ilógico colocar área urbana ao lado de indústrias. Todas as cidades fazem de tudo para que isso não aconteça e nós estamos planejando para que isso ocorra. Não pode.

Segundo, a Rodovia Nelson Barbieri é, de longe, a maior rodovia de Gavião Peixoto. Possui acostamento em toda a sua extensão, terceira faixa em trechos de subida e linha de transporte coletivo, além de acesso direto à Rodovia Washington Luiz. Já a Rodovia José Cutrale não possui toda esta estrutura.

A Prefeitura até então tinha argumentos técnicos de que o Parque Industrial seria inviável na Rodovia Nelson Barbieri, pois as características geológicas não eram adequadas. Um grande engano.

Conforme mapa que demonstra a característica do solo, elaborado pelo Instituto de Pesquisa Tecnológica (IPT), há na Rodovia Nelson Barbieri um pedaço de terra com características iguais a Via José Cutrale onde está prevista a zona industrial.

Este pedaço de terra fica entre as fazendas Bebedouro e Alabama, ao lado do conhecido “eucalipto do Goy”.

Tecnicamente falando, é possível o Parque Industrial na Nelson Barbieri. A discussão agora é política.

A Lei 133 que atualmente regula o zoneamento no território municipal, prevê área industrial na Nelson Barbieri. É bem verdade que esta lei é falha, carecedora de várias reformas, no entanto, acertou ao prever um interesse maior de empresas para se instalarem na Nelson Barbieri.

Se não bastasse a maior estrutura que a Rodovia Nelson Barbieri nos garante, chegou ao nosso conhecimento que o município de Araraquara pretende instalar Parque Industrial na parte da mesma Nelson Barbieri que lhe compete territorialmente. Isso é mais um ponto a ser levado em consideração. Vale dizer, implantar o Parque Industrial de Gavião Peixoto na via José Cutrale seria perder competitividade de atração de empresas. Seria ir contra a maré da história.

Sendo assim, defendemos que o crescimento urbano residencial se dê ao longo da José Cutrale, norte do município. A área industrial ao longo da Rodovia Nelson Barbieri, próximo ao “eucalipto do Goy”, pelos motivos expostos.

E viva o debate, e que ele seja feito desprovido de interesses particulares.

(*) É vereador de Gavião Peixoto.

Compartilhe :

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

A força e união do agro

Os riscos e a falta de regulamentação do uso de dados genéticos de pacientes por operadoras de saúde

Por que temos de sofrer as consequências do pecado de Adão e Eva?

Governar com economia e sem aumentar impostos

Cidade: berço de soluções

CATEGORIAS