Ministério da Defesa nega desvio de minas terrestres

O Ministério da Defesa afirmou nesta quinta-feira, por meio de nota, que as minas terrestres encontradas em uma favela do Rio não foram desviadas de quartéis das Forças Armadas.

“Não há qualquer registro de desvio de minas terrestres em quartéis das Forças Armadas. Ademais, as minas terrestres não ficam dispersas em vários quartéis, e sim em alguns poucos, especificamente destinados a tal tipo de armazenamento”, diz a nota.

O ministério afirma ainda que o Exército possui, armazenadas, 5.497 minas terrestres destinadas a treinamento. Elas são de fabricação belga, do lote 1-35, mesmo tipo das minas apreendidas no Rio.

“Normalmente, um determinado lote de minas não é vendido a apenas um comprador. O Ministério da Defesa está levantando todos os países que, além do Brasil, adquiriram minas terrestres deste mesmo lote.”

Pela primeira vez, oito minas terrestres foram encontradas sob poder de criminosos no Rio. Em uma casa da favela da Coréia, região de Senador Camará (zona oeste), a polícia também apreendeu, na última terça-feira, 161 granadas e cerca de 30 mil projéteis para fuzis e pistolas.

Hipótese

Apesar da possibilidade de serem originárias do próprio Exército, a polícia do Rio investiga reservadamente a hipótese de as oito minas terrestres encontradas terem sido trazidas de Angola por guerrilheiros do país africano radicados no complexo de favelas da Maré (zona norte).

Em pelo menos duas das 17 comunidades que integram o complexo –Vila do João e Vila do Pinheiro– moram famílias angolanas, que fugiram da guerra civil que ocorreu entre 1975 e 2002.

A favela da Coréia, onde foram encontradas as minas, é dominada pelo traficante Róbson André da Silva, o Robinho Pinga, líder da facção TCP (Terceiro Comando Puro), dissidência do antigo Terceiro Comando.

Compartilhe :

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Falecimento – Maria Clara Polezze Fernandes

Feira das Nações acontece neste domingo (23) na Praça do Daae

Ordem de Serviço para reforma da UBS do Santana será assinada neste sábado (22)

Agenda para curtir a cidade no final de semana (21 a 23 de junho)

Tem show nesta sexta no Sesc Araraquara

CATEGORIAS