Gasolina com menos ICMS

“Quando é para aumentar, ninguém cobra mais barato porque existem milhares de litros estocados. Agora, quando é para dar o desconto, os proprietários não titubeiam e se defendem: enquanto houver litro do produto pago com preço velho e mais caro não podemos dar desconto. Preço menor só depois de novo volume”.

O consumidor que reclamou (aliás, com razão) pode esperar algo melhor nos postos da região de Araraquara, em relação ao preço praticado.

O Ministério da Fazenda começa a chamar os Estados para uma reunião extraordinária do Confaz- Conselho Nacional de Política Fazendária, nesta semana, com a finalidade de convencê-los a diminuir o imposto estadual sobre combustíveis.

Essa entidade reúne governo e secretário estadual quando o assunto é ICMS. A verdade, é que o desconto apregoado pelo governo FHC (de 20%) ainda não foi visto na região de Araraquara.

Compartilhe :

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

O vaivém da fome

Tragédia Gaúcha

Os dois Brasis

A Reforma tributária e o preço dos alimentos

O transporte público do Brasil está colapsando? Para onde vamos?

CATEGORIAS