Companheiros de todas as horas

Há quem sem a devida experiência e louvando-se em conhecimento a verniz e, talvez, com vontade férrea de criticar (eventualmente à procura de pêlo em ovo acreditando que o leitor gosta de crítica, sem ao menos analisá-la), defendendo a infelicidade de a assessoria de imprensa da municipalidade ter encaminhado foto do prefeito Edinho Silva com Palocci e Zé Dirceu, diretamente de Brasília. Dizem que o marketing foi infeliz porque tais ministros estão em baixa. Isso pode ser verdadeiro, numa leitura linear. Mas, pelo companheirismo e pelos laços com quem governa, fonte geradora de recursos para o município, o prefeito araraquarense está absolutamente certo: solidário, em horas pouco agradáveis. Se fosse adotada uma postura de distanciamento, para não pegar “maus fluidos” ao se aproximar de figuras públicas que estão no foco de noticiário negativo, alvo de críticas exacerbadas, no amanhã, quando as águas retornassem à condição límpida, cristalina, eles poderiam como resposta consequente dar as costas ao companheiro-prefeito de Araraquara. E quem perderia? O povo, evidentemente.

Edinho foi companheiro e administrou bem a sua investidura de chefe do Executivo de cidadãos de todos os partidos. Ele precisa de canais para reivindicar obras para o bem da comunidade e se consegue assim: com lealdade nos bons e maus momentos.

Compartilhe :

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Termina nesta quarta (19) as inscrições para o “Seminário de Enfrentamento ao Racismo Religioso e LGBTfobia nos Espaços de Matriz Africana” 

Comad realiza II Semana Municipal de Políticas sobre Drogas nos dias 24, 26 e 27 de junho

Araraquarense se voluntaria em Canoas, RS

Dia do Orgulho Autista: Grupo promove pesquisas e informação sobre Autismo

Câmara aprova regras para funcionamento de painéis luminosos de propaganda

CATEGORIAS