Trabalho de aluna de Engenharia Elétrica da Uniara é premiado em Jornada Científica e Tecnológica

0
79
Foto: arquivo de Carmen Lessa

Estudo de Gabriela Massud França Silva foi orientado pela professora Carmen Lúcia Avelar Lessa

A aluna do curso de Engenharia Elétrica da Universidade de Araraquara – Uniara, Gabriela Massud França Silva, teve seu trabalho “Sistema de identificação e localização de Foreign Object baseado em RFID para indústria aeronáutica” premiado como melhor apresentação de pôster na área de Produção Industrial, na 10ª Jornada Científica e Tecnológica – JORNACITEC, promovida entre os dias 8 e 12 de novembro pela Faculdade de Tecnologia – FATEC de Botucatu. O estudo foi orientado pela professora Carmen Lúcia Avelar Lessa.
“A indústria aeronáutica vem crescendo a cada ano e, consequentemente, sua importância e influência sobre o mercado econômico. Por se tratar de um mercado bastante competitivo, há cada vez mais investimentos em recursos para melhoria da segurança de voo e qualidade de seus serviços para clientes, uma vez que esse é um fator fundamental para atingir e manter a competitividade no ramo aeroespacial. Um dos fatores que fazem com que uma indústria desse ramo reduza a sua competitividade se dá quando o cliente encontra algum objeto dentro da aeronave, que pode afetar a integridade do produto ou a segurança das pessoas, seja em terra ou em voo. Um exemplo claro disso, é quando o cliente encontra um Foreign Object – FO dentro da aeronave após a entrega”, contextualiza Gabriela.
Ela menciona que, segundo a Norma ABNT NBR 15169 (2004), “FO é qualquer artigo alheio ao produto ou equipamento aeroespacial que, ao alojar-se ou entrar em contato com ele, pode causar danos ou mau funcionamento, resultando em prejuízo material, incidentes, acidentes ou imagem negativa para a organização”. “Também de acordo com essa norma, o Foreign Object Damage – FOD que, em português, significa dano causado por objeto estranho, é qualquer dano atribuído a fragmentos de objetos estranhos expressos em termos físicos ou econômicos e que podem ou não degradar as características de segurança e/ou desempenho exigidas do produto”, esclarece.
A partir desse “cenário crítico da indústria aeronáutica”, como coloca a estudante, “eleva-se a necessidade de desenvolver um sistema eficiente para monitoramento das ferramentas presentes na área produtiva”. “Sendo assim, o principal objetivo desse trabalho foi propor um sistema de identificação e localização de ferramentas por meio da realização e análise de um estudo de caso real utilizando-se a tecnologia Radio Frequency Identification – RFID, para que possa ser garantida a não existência de FO na aeronave. O sistema simulado apresentou desempenho satisfatório, o que comprovou a viabilidade do sistema RFID utilizando o leitor, TAGs e aplicativos durante o desenvolvimento do trabalho. Isso auxiliou na localização de ferramentas perdidas durante o processo produtivo de maneira ágil, pelo próprio operador, e reduziu cada vez mais a possibilidade de acidentes aéreos causados por danos devido a objetos estranhos dentro de aeronaves”, explica Gabriela.
Carmen ressalta que “a relevância do estudo consiste na associação de uma tecnologia de comunicação sem fio flexível e de fácil utilização no processo de produção de aeronaves para garantir maior segurança, uma vez que grande parte dos acidentes nessa área ocorre em decorrência de esquecimento de objetos nas aeronaves durante o processo de produção”. “Enfim, trata-se de um projeto de grande importância social”, destaca.
A premiação recebida na 10ª JORNACITEC foi um reconhecimento para a aluna. “Representou a concretização dos esforços realizados durante toda a graduação. O artigo foi aceito em dois congressos, o do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo – IFSP de Araraquara e o da FATEC de Botucatu, no qual foi premiado. Também foi publicado na revista Interface Tecnológica, da FATEC de Taquaritinga”, finaliza Gabriela.
Informações sobre o curso de Engenharia Elétrica da Uniara podem ser obtidas no endereço www.uniara.com.br ou pelo telefone 0800 55 65 88.

(Assessoria de Imprensa – [email protected])

Deixe uma resposta