Teste o seu Português (751)

Prof.ª Dr.ª Terezinha de Jesus Bellote Chaman (*)

PROFESSORES… PARA QUEM OU PARA QUÊ? (continuação)

Com Heller prosseguimos meditando, ao principiarmos esta discussão:

O homem aprende no grupo os elementos da cotidianidade…; mas não ingressa nas fileiras dos adultos, nem as normas assimiladas ganham “valor”, a não ser quando essas comunicam realmente ao indivíduo os valores das integrações maiores, de orientar-se em situações que já não possuem a dimensão do grupo humano comunitário, de mover-se no âmbito da sociedade em geral e, além disso, de mover por sua vez esse mesmo ambiente. (1985, p. 19).

Sabemos não haver caminhada fácil para a liberdade.

Salvador (2009) pontua ser a ética um conceito que representa incessante luta pela liberdade, inclusive pela liberdade de escolha de atitude. Desta forma, a ética preocupa-se com o outro, procura não submetê-lo, ao contrário, tolera as diferenças, tolera a diversidade. Neste sentido, o ensino da ética liga-se ao desenvolvimento da cidadania, objetivando refletir e tornar clara a realidade histórica (RODRIGUES, 2002).

Canôas (2008) nos alerta:
Para o indivíduo se tornar cidadão, ele precisa passar por um processo de compreensão da própria individualidade, para depois poder compreender sua participação nos sujeitos coletivos e entender sua condição humana. (p. 129 – 130).

Inferimos, pois, que se a docência refere-se ao exercício do magistério, ao ensino, e se docente é aquele que ensina, que se presta ao ensino (BORBA, 2004, p. 451), mister se faz educar para a vida, ampliar o conhecimento para produzir bens, e tecnologia para satisfazer desejos e necessidades de todos (SALVADOR, 2009).

Não se pode aceitar, então, uma educação que não esteja intrinsecamente ligada à cidadania e à ética, que não se preocupe com o bem comum e que não rejeite a moral individualista.
Partamos do princípio de que o ato de comunicar traz em seu bojo o ato de educar. Neste sentido, faz-se necessário atender às grandes mudanças que o mundo globalizado tem semeado, através de seus principais veículos: televisão, rádio, jornal, revistas, internet.

Conforme aponta Baccega (1998, p. 87):
O cotidiano tem sido o espaço privilegiado de atuação dos meios de comunicação. A mediação feita pela palavra e que nos chega pronta no recorte que recebemos está sendo atualizada, a cada momento da vida cotidiana, na práxis.

Martín-Barbero, prefaciando Baccega (1998), adverte:
Visto a partir do discurso da literatura, o da comunicação revela sua impossibilidade de ser reduzido a puro código, feito de canais, sinais e ruídos. Pelo discurso da comunicação, incluído o dos grandes meios, passa a constituição de sentido do mundo. Processo que esse mesmo discurso mascara, ao negar-se como construção – seleção, combinação, temporalização, etc. – ou ao confundir a objetividade com a mera pluralidade de vozes, dissimulando a presença inevitável da hegemonia de algumas vozes, em sua estratégica relação com o poder. (continua na próxima edição).
O presente artigo foi elaborado durante o doutorado orientado por Prof. Dr. Pe. Mário José Filho. Escrito a duas mãos por Maria Cherubina de Lima Alves e Terezinha de J. Bellote Chaman.

Teste o seu Português:

01 – Os _______ emporcalham as nossas cidades. Poderiam utilizar melhor sua criatividade.
a ( ) pichadores;
b ( ) pinchadores;
c ( ) pinxadores;
d ( ) pixadores.

02 – Fiquei muito feliz com a _ do título de Mestre em Comunicação. Parabéns, Aninha, prossiga!
a ( ) obitenção;
b ( ) obtensão;
c ( ) obtenssão;
d ( ) obtenção.

03 – Que palavra utilizar nas frases abaixo: cassar ou caçar?
a – Quando menino, gostava de ________ passarinhos.
b – Será que este ano vão ________ mais algum político?

04 – Não devemos tratar com_______ nem nossos inimigos.
a ( ) rispidez;
b ( ) rispidês;
c ( ) rispideis;
d ( ) rispideiz.

05 – Esta é a ________vez que chamo sua atenção.
a ( ) milesima;
b ( ) milezima;
c ( ) milésima;
d ( ) milézima.

06 – Deixe de me ________, não fiz nada mais que minha obrigação.
a ( ) lisongear;
b ( ) lisonjear;
c ( ) lizonjear;
d ( ) lizongear.

07 – Qual frase abaixo está correta?
a – Vou agora mesmo dismontar aquela armadilha.
b – Vou agora mesmo desmontar aquela armadilha.

08 – Onde devemos utilizar adequadamente as palavras: mandado e mandato? Observe bem os contextos.
a – Você deve obedecer sem discutir o _____ judicial.
b – O _ do nosso presidente termina neste ano.

09 – Parece ter bastante _____ a defesa daquele causídico.
a ( ) consistência;
b ( ) concistência;
c ( ) conscistência;
d ( ) consistênsia.

10 – Você precisa _ a Internet para obter a informação.
a ( ) asessar;
b ( ) asseçar;
c ( ) aceçar;
d ( ) asesar;
e ( ) acessar.

(*) Pesquisadora do GEPEFA – Grupo de Estudos e Pesquisas sobre Famílias – UNESP/Franca. (até março de 2024).

RESPOSTAS

Resp 1.: a – Os pichadores emporcalham as nossas cidades. Poderiam utilizar melhor sua criatividade.
Pichador (= que escreve em muros ou paredes, grafiteiro).
Resp 2.: d – Fiquei muito feliz com a obtenção do título de Mestre em Comunicação. Parabéns, Aninha, prossiga!
Obtenção (= conquista).
Resp 3.: a – Quando menino, gostava de caçar passarinhos.
b – Será que este ano vão cassar mais algum político?
Caçar (= perseguir).
Cassar (= demitir, anular o mandato).
Resp 4.: a – Não devemos tratar com rispidez nem nossos inimigos.
Rispidez (= aspereza, rudeza, severidade).
Resp 5.: c – Esta é a milésima vez que chamo sua atenção.
Resp 6.: b – Deixe de me lisonjear, não fiz nada mais que minha obrigação.
Lisonjear (= adular, bajular, incensar).
Resp 7.: b – Vou agora mesmo desmontar aquela armadilha.
Desmontar (= desarmar).
Resp 8.: a – Você deve obedecer sem discutir o mandado judicial.
b – O mandato do nosso presidente termina neste ano.
Mandado (= ordem judicial).
Mandato (= período de duração de um cargo público).
Resp 9.: a – Parece ter bastante consistência a defesa daquele causídico.
Consistência (= solidez).
Causídico (= advogado).
Resp 10.: e – Você precisa acessar a Internet para obter a informação.
Acessar (= utilizar dados através de computador).

OBS.: Colunista semanal dos jornais Diário do Grande ABC (SP) e Jornal de Araraquara (SP), Jornal Independente – Dois Córregos (SP), Tribuna do Norte – Natal (RN), Jornal de Nova Odessa (SP), Diário da Franca – Franca (SP) – Jornal de Itatiba – Itatiba (SP) – O Liberal Regional – Araçatuba (SP) – Diário da Serra – Tangara da Serra (MT) – Gazeta Penhense – Penha/SP – Gazeta do Ipiranga/SP.

Compartilhe :

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Avançam as obras de reforma e ampliação do CER do Selmi Dei I  

“Prefeitura nos Bairros”: confira o total atualizado de serviços realizados na edição 2024

Execução do plano de recapeamento que vai atender 40 bairros segue no Melhado

Agenda Cultural

Agenda Esportiva

CATEGORIAS