Situação da penitenciária é delicada

“Não é papel do Executivo, mas, é meu papel de ser humano e cidadão me comprometer com a causa” (Edinho Silva).

Audiência com o governador e secretário de Assuntos Penitenciários a fim de relatar a situação de funcionários e detentos da Penitenciária de Araraquara será buscada a partir desta segunda-feira (10). A informação é do Senador Eduardo Suplicy e Prefeito Edinho Silva após visita as dependências destruídas do presídio. Os vereadores Ronaldo Napeloso (presidente do Legislativo) e Edna Martins, além da Procuradora do Ministério Público Federal, Eloísa Helena Machado, e advogados da Subsecção de Araraquara.

“O clima é de grande tensão, ouvimos relatos dos agentes penitenciários que falaram sobre o nível de insegurança e detentos que expuseram as más condições de sobrevivência. A situação é precária, não ressocializa, não recupera ninguém”, afirma o chefe do Executivo.

Vidro moído

O prefeito conta que visitou a cozinha e conversou com os detentos que preparam a comida, os quais afirmaram que não há problemas. “Garantiram que da parte deles não há aquele negócio de colocar pedaços de vidros na comida. Mas não se responsabilizaram pela refeição no trajeto da cozinha para os detentos”, diz. O prefeito também se preocupou com o atendimento médico que está sendo intensificado.

“A situação dos agentes e dos detentos não pode continuar com essa tensão: daqui a pouco as conseqüências poderão ser desastrosas”. assevera Edinho.

Compartilhe :

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Em virada impressionante, Sesi Araraquara é bicampeão da LBF

O que é TOC e como identificar seus sintomas?

Câmara aprova área para instalação de empresa e outros projetos

Projeto de novos abrigos de ônibus selecionado em concurso começa a ser implantado

Reunião marca apresentação do projeto da nova sede do Bem-estar Animal

CATEGORIAS