Setor da construção civil promove amplo trabalho de combate à dengue em Araraquara

0
176

Cuidados nos canteiros de obras e a eliminação de água parada em locais com lonas, carrinhos de mão, betoneiras, lajes e fossos de elevadores são algumas das medidas adotadas

Araraquara vive em estado de alerta contra a dengue, considerada pelo Ministério da Saúde como a arbovirose urbana mais prevalente no país. De acordo com dados da Secretaria da Saúde Municipal, do início do ano até o momento, foram contabilizados 117 casos confirmados da doença. Para alcançar e contribuir com resultados efetivos na tarefa de combater a epidemia, o setor da construção civil tem se mobilizado para eliminar possíveis criadouros e prevenir que a doença se propague ainda mais.

Na Perplan – empresa que atua nas áreas de urbanismo e incorporação – os cuidados têm sido intensificados. “Além de todo trabalho de prevenção que fazemos no dia a dia em nossas obras, temos realizado campanhas de conscientização junto aos nossos colaboradores, estabelecendo, a partir deles, uma rede de cuidado vigilante e pronta para agir. Cartazes informativos sobre prevenção e sintomas da doença foram espalhados em pontos estratégicos e o tema também tem sido reforçado em reuniões semanais com os profissionais. A ideia é que eles sejam multiplicadores da informação e que reproduzam os ensinamentos em outros locais”, comenta Jefferson Batista de Lima, coordenador da qualidade da Perplan.

Entre as medidas adotadas pela Perplan que ajudam a reduzir a reprodução do mosquito, estão: escoamento de água parada; armazenamento correto de equipamentos que possam acumular água; porções de cloro aplicadas em reservatórios de água não potável, cobertura em caixas d’água e outros recipientes usados para guardar líquido, descarte de lixos em sacos plásticos amarrados, além de vistorias semanais em busca de focos do mosquito e verificação se as ações preventivas estão corretas.

“Temos um diálogo próximo com nossos colaboradores, onde pontuamos tópicos relacionados à segurança. Abordamos temas variados, de acordo com a necessidade do momento. Hoje, a questão da dengue está entre as prioridades. A ideia é que eles fiquem atentos, tanto nas obras, quanto em suas próprias residências e comunidades, eliminando qualquer foco de água parada e possíveis criadouros do mosquito, preservando a saúde de todos”, ressalta Jefferson.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.