Setcar faz acordo salarial

Renê Gardim (*)

Os trabalhadores das transportadoras de Araraquara, Américo Brasiliense e demais cidades da região terão reajuste salarial de 5%. O acordo, firmado nesta semana (31), é retroativo a 1º de maio, data base da categoria. As cláusulas sociais e a participação nos Lucros e Resultados (PLR) também sofreram correção, válidas para 1º de junho.

Para o presidente do Sindicato das Empresas de Transporte de Carga de Araraquara e Região (Setcar), Edson Sônego, as negociações transcorreram de forma tranqüila. “Fomos o mais transparente possível e mostramos que o momento não é dos melhores para o setor de transporte. Mas, mesmo assim estávamos oferecendo a reposição da inflação, além de garantir melhorias nas diárias dos motoristas e ampliar o PLR”.

Segundo o dirigente, os sindicatos dos trabalhadores mostraram sensibilidade ao entender que não é possível oferecer mais que isso, pois as empresas não têm conseguido repassar para o frete nem mesmo a inflação de cada ano.

A PLR será paga aos trabalhadores que preencherem as condições estipuladas na Convenção Coletiva, no percentual de 37,7% sobre o salário já corrigido do trabalhador, garantido o valor mínimo de R$ 200 e, o máximo de R$ 300,00, dividida em 2 parcelas iguais, que serão pagas nos salários de outubro deste ano e março de 2007. A cesta básica passa a valer R$ 58.

Diárias

As diárias também sofreram correção de 5% passando, desde 1º de junho, a R$ 7 para o almoço e para o jantar, e R$ 11 para pernoite.

Participaram das negociações o Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários Urbanos, Rurais e das Indústrias de Cana-de-Açúcar de Araraquara e Região; Sindicato dos Condutores de Veículos Rodoviários e Anexos de Matão; o Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários de Jaboticabal; Sindicato dos Empregados em Transporte Rodoviários, Urbanos, Fretamento, Intermunicipal e Suburbanos de São Carlos; Sindicato dos Empregados em Escritórios de Empresas de Transporte de Cargas, Urbano, Passageiros e Fretamento de Araraquara e Região (Sindeeara) e a Federação dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários do Estado de São Paulo.

Com o acordo, os salários dos trabalhadores em transportadoras passaram a ser os seguintes:

Motorista de Carreta…..R$ 795,00

Motorista…………….R$ 698,00

Arrumador…………….R$ 582,00

Ajudante……………..R$ 477,00

Conferente……………R$ 625,00

Auxiliar de Escritório…R$ 430,00

Compartilhe :

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Escola do Legislativo da Câmara promove curso sobre TDAH

O Brasil na crise do clima

A vida é assim mesmo

Biden joga a toalha. Recomeça a corrida presidencial nos EUA

Forme-se em Inteligência Artificial

CATEGORIAS