Sentimento de gratidão

Muitas vezes o agraciado pelo favor se derrete em agradecimentos. Na verdade, nós é que devemos agradecê-lo pela oportunidade de praticar um ato cercado de prazer e felicidade. É a chance de multiplicar os talentos que nos foram outorgados gratuitamente.

O que nos alegra, o que nos encanta, o que nos faz felizes é realmente o sentimento de gratidão. Se conseguirmos nos atirar até mesmo dentro do sofrimento quando sentimos gratidão, é porque o sentimento de gratidão transforma o sofrimento em prazer. Quando ardentemente sentimos gratidão por alguém, somos capazes de atirar-nos até dentro do fogo para socorrê-lo e, mesmo recebendo queimaduras, não sentimos dor. Isto porque o sentimento de gratidão transforma a dor em prazer.

Se há dor, se há sofrimento, é porque ainda falta o sentimento de gratidão.

“Agradece as graças e os dons divinos da Pátria. Agradece a teu pai e a tua mãe. Agradece a teu marido ou a tua mulher. Agradece a teus filhos. Agradece a teus criados. Agradece a todas as coisas do céu e da terra. Somente através deste coração de gratidão é que poderás ver-me e receber a minha salvação”. Assim está escrito no início do primeiro volume de Seimei no Jisso. Podemos dizer que os ensinamentos da Seicho-No-Ie estão resumidos nestas poucas frases.

De: Masaharu Taniguchi – Fundador da Seicho-No-Ie

Compartilhe :

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Escola do Legislativo da Câmara promove curso sobre TDAH

O Brasil na crise do clima

A vida é assim mesmo

Biden joga a toalha. Recomeça a corrida presidencial nos EUA

Forme-se em Inteligência Artificial

CATEGORIAS