Secretaria responde sobre atraso de obras do OP na Praça São Geraldo 

0
91

Vereador Rafael de Angeli (PSDB) havia pedido esclarecimentos da Prefeitura para reforma, que já custou mais de R$ 600 mil 

A reforma da Praça São Geraldo foi uma das obras vencedoras do Orçamento Participativo (OP) em 2019. Ela aconteceria em duas etapas: a primeira, orçada no valor de R$ 632.447,06, estaria voltada para a modernização da iluminação; já a segunda seria para obras civis que, na ocasião, estavam com os projetos em desenvolvimento.

Buscando informações sobre o andamento das obras, o primeiro secretário da Mesa Diretora do Legislativo, vereador Rafael de Angeli (PSDB), protocolou o Requerimento nº 541/2022.

No documento, o parlamentar questionou em qual parte do processo se encontrava a obra; se a primeira etapa já havia sido concluída; se seu orçamento tinha sido suficiente; e se já existiria uma previsão para o início e a conclusão da segunda etapa.

“A população tem cobrado o que foi prometido. A praça é um importante local de lazer e bem-estar da comunidade do bairro São Geraldo e é necessário que seja revitalizada e entregue com urgência”, cobrou Angeli.

Em resposta, o secretário municipal de Obras e Serviços Públicos, Sérgio Pelícolla, esclareceu que a obra relacionada à iluminação pública já se encontra concluída, com os serviços e materiais ainda em prazo de garantia, e que estão sendo providenciados ajustes em pontos executados em divergência com o projeto de iluminação.

“A etapa referente às obras civis se encontra em fase de desenvolvimento do projeto arquitetônico junto à Secretaria de Desenvolvimento Urbano”, informou.

Em relação ao valor de R$ 632.447,06, explicou que se refere apenas à obra de iluminação e que não houve qualquer aditamento.

Sobre a previsão de início da segunda etapa, o secretário afirmou que, “em virtude de o projeto arquitetônico ainda estar em desenvolvimento na Secretaria de Desenvolvimento Urbano, não há data para efetivo início”.

Angeli lembra seus questionamentos anteriores sobre o assunto. “Desde meados de 2021 cobramos a finalização dessa obra. Em resposta ao Requerimento 712/2021, a Prefeitura deu a mesma resposta, e sem os devidos detalhes. Queremos saber os reais motivos de tanto atraso nas obras, já que são quase três anos de apenas promessas”, finaliza.

(Comunicação Social – Câmara Municipal de Araraquara)

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.