Secretaria da Educação é questionada por corte em horas extras de servidores

0
114

Vereador Rafael de Angeli (PSDB) pediu esclarecimentos sobre falta de informações referentes ao saldo de horas extras dos servidores da pasta

O vereador Rafael de Angeli (PSDB), primeiro secretário da mesa diretora da Câmara Municipal de Araraquara, protocolou o Requerimento n°1122/2021, em que pediu à Prefeitura informações referentes ao saldo de horas extras que teriam sido cortadas dos servidores da Secretaria Municipal da Educação. Angeli explicou que tem sido procurado por servidores que relatam dificuldades em obter informações sobre o banco de horas extras cortadas.
“Os servidores ainda foram informados de que não poderiam mais gozar dessas horas adquiridas. Por qual motivo esses servidores não podem mais usufruir dessas horas?”, questionou o parlamentar. O vereador também indagou o motivo pelo qual os servidores não podem mais obter informações referentes ao saldo de horas extras cortadas. (Comunicação Social – Câmara Municipal de Araraquara)

 

Deixe uma resposta