Sargento Eudes recebe o carinho da cidade

Uma sessão solene, presidida pelo vereador Lia, com a presença de representantes dos vários segmentos sociais.

Na noite da última sexta-feira (17), as autoridades, convidados especiais, amigos e familiares do Sargento Antônio de Lucena Eudes se reuniram na Câmara Municipal a fim de prestigiar a sessão solene de outorga do título de “Cidadão Ameriliense” ao experiente e dedicado militar. O projeto de decreto-legislativo foi apresentado pelo vereador Chiquinho e aprovado pela unanimidade da Casa de Leis.

A vereadora Terezinha Viveiros, baseada em eventos inseridos no curriculum-vitae do homenageado, teceu considerações elogiosas ao Sargento Eudes que recebeu o prestígio de seus companheiros de farda no acontecimento cívico-social, como o do Capitão Robson. Companheiros do Lions de Américo também assinaram o livro de presença, cada um levando ao novo concidadão a certeza de que ele tem sido espetacular na consecução das metas, a partir da palavra Lions. L de liberdade; I de inteligência; O de ordem; N de nacionalidade e S de serviço.

A noite festiva foi encerrada na Barraca NS Aparecida, com um delicioso coquetel.

Um pouco mais de nosso concidadão:

Da tribuna, a palavra da vereadora Terezinha em nome do plenário e especialmente do autor da propositura:

A Câmara Municipal destaca hoje o Sargento Antônio de Lucena Eudes. Nascido em 16 de junho de 1961 na capital pernambucana Recife, filho de José Eudes (79 anos) e Terezinha de Lucena (69 anos). Família de cinco filhos FRANCISCO DE LUCENA EUDES, JOSÉ CELIO EUDES, JOSINA CELIA EUDES BRIZOLARI E VALDIR DE LUCENA EUDES. Sua historia começa em Recife, à beira mar, uma criança responsável nos estudos e, pela conjuntura econômica, ajudava seus pais ao fazer alguns bicos. Estudou até a 8ª serie no recife. No ano de 1977 mudou-se com a família para a cidade de São Paulo, terminando seus estudos até o 2º grau no Colégio RAMOS DE AZEVEDO. Trabalhou em São Paulo de office-boy, na Clinica de Reprodução Humana, numa fabrica de latas e, acabou mudando-se para Américo Brasiliense, com familiares, em 1981. Em Américo trabalhou na antiga Sadia, na expedição de notas fiscais. Prestou serviços na aeronáutica e no inicio de 1982 entrou na Escola de Formação de Soldados da Policia Militar de Taubaté. Terminada essa escola, trabalhou em São Paulo sendo que em 1984 fez o curso para formação de cabo, continuando na capital. Em seguida foi transferido para Araraquara trabalhando também em Matão, Américo Brasiliense e Taquaritinga.

Em 1992, fez escola de formação para sargentos assumido o Comando da Policia Militar de Américo Brasiliense, e também no distrito de agulhas. No final de 1993 foi transferido para Santa Lúcia e em 1996 para nossa cidade, na função de Comandante de Pelotão. No mesmo ano foi congratulado pelo 13º BPM/I como Policial do Mês, por ter demonstrado extrema capacidade na condução da tropa sob seu comando, gerando elogios da comunidade, inclusive, desta Casa de Leis. Participou em todos os anos de Censos de aperfeiçoamento e atualização profissional, fez curso no Batalhão de direção defensiva e na escola Senais o de Ensino Correto de Trabalho. Fez estágio especial de habilitação ao uso de pistola semi-automatica, no 13º BPM/I. Estágio de facilitadores de Gestão Contemporânea pela Qualidade e curso de rádio-patrulhamento padrão. Em junho de 2.005, novamente destacado como Policial do Mês, por demonstrar competência, profissionalismo, motivação e entusiasmo no desempenho de suas funções. No dia 1º de Setembro de 2005 foi promovido, por mérito, a 1º Sargento. Além de seu comportamento exemplar como Policial é um excelente pai, extraordinário chefe de família, um cidadão participativo na comunidade onde exerceu funções de Presidente do Lions Clube, coordenador da Defesa Civil e membro do Conselho de Segurança. Casou-se com a Sra. MARCIA MORALES EUDES, EM 07/03/1.987, tendo duas filhas: FERNANDA com 18 anos e AMANDA com 14 anos, ambas estudantes. Sua esposa, além de prestar serviços à comunidade, integra o Conselho Tutelar. A sua família bem numerosa reside em nossa cidade: irmãos, cunhados e sobrinhos.

Assim, reconhecê-lo “Cidadão Ameriliense” é, certamente, um estímulo para que se dedique ainda mais à nossa comunidade. Parabéns!

Compartilhe :

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Criança cansada nas férias? Cuidado com a arritmia cardíaca!

Sebrae-SP abre 275 vagas gratuitas para melhorar a produtividade de empresas em Araraquara e região

Em virada impressionante, Sesi Araraquara é bicampeão da LBF

O que é TOC e como identificar seus sintomas?

Câmara aprova área para instalação de empresa e outros projetos

CATEGORIAS